Karol Barbosa Venceu o Pânico e Iniciou uma Nova Carreira como Personal Organizer

#LoveMyJob

karol barbosa.fwKarol Barbosa

Personal Organizer e Fisioterapêutica
@mamae.organizada
abeeon.com/personal-organizer-ribeirao

Fisioterapeuta por formação, com mestrado e doutorado na USP, Karol lutou contra a síndrome do pânico e a depressão para empreender em uma nova área

Super ligada nas redes sociais, com uma média mensal de 290 mil visualizações no seu perfil do Instagram (@mamae.organizada), Karol Barbosa, 31 anos, tem uma história de superação e empreendedorismo que surpreende. Formada em Fisioterapia pela Universidade de Franca (Unifran), em 2008, a ribeirão-pretana tinha certeza que queria seguir a área acadêmica. Tanto que, no ano seguinte à sua graduação, iniciou o mestrado no Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), o qual cumpriu em três anos e logo depois iniciou o doutorado.

“No primeiro ano de doutorado, eu trabalhava em vários projetos da USP, fazia plantão em um hospital e ainda atendia pacientes a domicílio. Resumindo, saía às seis horas de casa e voltava às 22h30, praticamente sem pausa”, conta. Na época, ainda começou a estudar para um concurso da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) para ocupar uma vaga de docente substituta. Quando faltavam três dias para a prova, teve uma crise de pânico desencadeada pelo estresse. “A minha boca e as minhas mãos entortaram, parecia que meu coração ia sair para fora. Foi horrível”,
lembra.

Por recomendações médicas, Karol teve que desacelerar. “Fiquei muito assustada, porque depois da crise, comecei a ter sintomas de síndrome do pânico, com medo de ficar em casa sozinha, de entrar no elevador, de passar mal novamente”, diz. Depois, Karol conta que veio a depressão ao perceber que não teria estrutura emocional para prestar outra prova de concurso. “Acabei criando um bloqueio com a minha profissão, não que eu não amasse mais a fisioterapia, mas foi algo que aconteceu devido a esses problemas de saúde que eu tive”.

karol barbosa.jpg

Mudança de Vida

Aos 27 anos, Karol deu início a um processo que mudaria toda a sua vida. Como sempre foi muito organizada para conseguir manter a rotina intensa de trabalho e estudo, ela decidiu fazer um curso, em São Paulo (SP), de personal organizer. “Eu ainda não sabia que isso poderia ser uma profissão, mas era uma coisa que eu gostava de fazer e comecei a estudar e a me dedicar”, afirma.

Entre julho de 2014 e o começo de 2015, Karol trabalhou de graça organizando a casa de amigas e conhecidas, a fim de adquirir experiência e criar um portfólio. Em seguida, veio a necessidade de compartilhar o que aprendeu e mostrar o que a organização poderia fazer na vida de alguém. “Foi quando criei meu perfil profissional no Instagram, em 12 de fevereiro de 2015. Na época, chamava Organize Melhor”, diz.

Depois de oito meses de esforço e muito trabalho, o negócio começou a deslanchar. Ela conta que o ano de 2016 já foi ótimo e conseguiu formar uma carteira de clientes. Sentindo a necessidade de trazer produtos específicos de organização para Ribeirão Preto, como as colmeias, ela criou uma loja on-line. “Esse tipo de coisa só existia em São Paulo. Então encontrei um fornecedor e uma costureira e comecei a produzir meus próprios produtos, tanto para usar nos atendimentos como para as outras pessoas comprarem”, explica.

Maternidade

A maternidade foi responsável por mais uma mudança na carreira de Karol. Ela descobriu que estava grávida da Maria Luísa em novembro de 2016. Depois que a pequena nasceu, ela sentiu a necessidade de compartilhar informações e dicas sobre esse novo universo. Foi quando mudou o seu perfil no Instagram para Mamãe Organizada e criou o blog com o mesmo nome. “Acabei me especializando em organização de casas que têm bebês ou crianças pequenas. Quem é mãe ou pai sabe o quanto é difícil manter as coisas arrumadas depois da chegada do filho”, destaca.

Hoje, Karol se sente realizada na área e não se vê voltando a exercer a fisioterapia. “Mas eu sei que nada é definitivo, aprendi que temos que ser flexíveis e trabalhar com amor e vontade naquilo que nos faz bem. No momento, o meu foco é a organização. Foi algo que transformou a minha vida e me tirou do pânico e da depressão”, ressalta.

A personal organizer divide seu tempo entre ser mãe da Malu, que já completou um ano, ser esposa, atender clientes e famílias em casa, gerenciar sua equipe de organização e ser influenciadora digital.

Novo Projeto

Além disso, Karol ainda continua a empreender. Em outubro deste ano, lançará um curso on-line de organização, voltado para outras mães que querem trabalhar na área. “Sei como é difícil voltar ao mercado de trabalho depois de passar um tempo cuidando do filho e da casa. Por isso, quero oferecer essa alternativa para outras mulheres que, como eu, sabem o valor que uma casa organizada tem e como isso melhora a qualidade de vida da família”, afirma.

Entre os diferenciais do curso, Karol conta que haverá módulos de rotina familiar e como cobrar pelo serviço prestado. “Quem assistir às aulas aprenderá as técnicas da profissão, que não são poucas, e como aplicá-las. Com elas, a manutenção da casa fica muito mais fácil e sobra mais tempo para curtir os momentos realmente importantes”, conclui.

Por Mariana Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anúncios