Regras de Etiqueta nos Almoços de Negócios

#Mesa&Etiqueta

Andréa StaciariniAndréa Staciarini

Consultora de Etiqueta. 
@mesaetiqueta
abeeon.com/mesaetiqueta
O horário do almoço muitas vezes é a solução para se conciliar as agendas de trabalho e a falta de tempo. Neste caso, ainda vale a regra do “quem convida, paga”? Drinques são permitidos?

Oano de 2019 iniciou-se com o marco histórico da China pousando com sucesso no lado oculto da lua e mostrando ao mundo a sua sonda Chang’e 4, seus investimentos bilionários em educação e tecnologia e o consumo de quase um terço do mercado global em artigos de luxo, de acordo com a Revista Forbes. Não somente bolsas e telefones celulares, mas artigos ligados à cultura também, como safras especiais de vinhos raros de Bordeaux e cursos de etiqueta nas melhores escolas da Inglaterra.

Cultura, conhecimento e etiqueta sempre serão almejados como forma de legitimar a ascensão de um País e de seu povo na conquista de um espaço de destaque. No âmbito empresarial isto é almejado por gestores e funcionários, como forma de galgar o sucesso e respeito nas corporações.

Empreendedores e suas equipes devem atentar para o papel fundamental da etiqueta nas relações de trabalho, extraindo o lado mais proveitoso da boa convivência e da comunicação eficiente. E não é raro grandes profissionais procurarem ajuda para ampliar suas habilidades de se relacionarem eficientemente nas mais diversas ocasiões: jantares, confraternizações, reuniões, almoços, dentre outros.
No almoço de negócios, em específico, você pode estar em um desses lados: ou como anfitrião, recebendo um cliente, ou ser o convidado, a pessoa que espera ser recebida.

Para ambos os lados, existem comportamentos a serem observados que fazem toda a diferença na sua imagem pessoal e até no rumo dos negócios. A boa educação abre portas, sedimenta realizações e a exemplo dos chineses, é um privilégio alcançá-la. Galgar espaço, respeito e sucesso exige dedicação e constante vontade de aprender

Confira as premissas básicas de etiqueta, válidas ainda hoje para o almoço de negócios e o comportamento esperado nesta ocasião.

  • Quem convida, paga

    Afinal é um almoço de interesses e quem convidou deve pagar a conta, independente de ser entre empresários ou empresa e cliente.

  • Se você é convidado

    Responda ao convite assim que tomar conhecimento do mesmo.

  • Espera-se que o anfitrião chegue primeiro

    Aguarde o convidado chegar para degustar alguma coisa ou tomar um drinque.

  • Sim, você pode tomar um drinque

    Mas o ideal é que se limite a apenas uma bebida, pois se trata de trabalho e o foco são os negócios.

  • Conversa Informal

    Antes das tratativas negociais, é de bom tom alguns minutos de conversa informal.

  • Levar companhia

    Se você for o convidado, não pergunte se pode levar companhia. Trata-se de trabalho, seja profissional.

  • Usar palito à mesa

    Tomar bebida com comida na boca e limpar um talher sujo com o guardanapo são comportamentos indesejados.

  • Os talheres

    Use os talheres de fora para dentro e mantenha o guardanapo de tecido no colo.

  • O pão

    O pão parte-se com as mãos para se levar à boca.

  • Caiu no chão

    Não pegue o talher ou guardanapo que tenha caído no chão. Peça uma substituição para o garçom.

  • Uso do celular

    Evite usar o telefone à mesa. Sair da mesa para atender e deixar o outro esperando também é desagradável.

  • Sugerir o prato

    Se você é o anfitrião e já conhece o restaurante pode, gentilmente, sugerir um prato para seu convidado. Este, por sua vez, pode perguntar ao garçom dúvidas que tenha sobre o menu.


  • Um almoço de negócios, se bem conduzido, pode proporcionar oportunidades diferentes das alcançadas em uma reunião no escritório, onde a formalidade é maior. Nas palavras de Jean Anthelme Brillat Savarin, um político, advogado, escritor e chef culinário da França de 1800: “A gastronomia é um dos principais vínculos da sociedade, é ela que amplia gradualmente aquele espírito de convivência que reúne a cada dia as diversas condições, funde-as num único todo, anima a conversação e suaviza os ângulos da desigualdade convencional”.

    Bons negócios!

One thought on “Regras de Etiqueta nos Almoços de Negócios

  • 20/02/2019 em 15:38
    Permalink

    A abordagem do assunto é perfeita, pois é concisa e inteligente. Percebe-se que Andréa Staciarini conhece o assunto como poucos.
    Parabéns a ABEEON por manter em seus quadros de colaboradores desse nível profissional.
    Desejo Sucesso à todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.