Arquiteta faz Sucesso com Portal de Videoaulas

Luciana Paixão
Luciana Paixão – Foto divulgação

Luciana Paixão trocou os projetos arquitetônicos pelo prazer de compartilhar o conhecimento de sua área profissional

Em seis anos, a arquiteta Luciana Paixão viu sua vida profissional ser transformada. Ainda na faculdade, esta Paulista de Osasco começou a ajudar os colegas nos estudos. “Como eu vinha de uma formação anterior, em Técnica de Edificações, possuía uma base muito sólida, principalmente nos primeiros anos do ensino superior”, lembra. Das aulas particulares, a passagem para o mundo virtual foi um pulo. “Assim que me formei criei um blog para compartilhar conhecimento com outras pessoas e assim fui criando mais e mais conteúdo, até elaborar os meus próprios cursos, fundar meu portal on-line e até escrever o meu primeiro livro”, diz a autora da obra “O Pequeno Grande Guia de Aprovação de Projetos de Prefeitura” (Editora Pro- Books, 2016).

Hoje ela comanda o portal de cursos A Arquiteta , que contabiliza 47 cursos nas áreas de arquitetura, design de interiores, edificações e engenharia civil. São mais de 360 horas de aula que já foram vistas por mais de 36 mil alunos de todas as regiões do Brasil e em outros países de língua portuguesa.

“É todo um trabalho de equipe que acaba tendo resultados, como o prêmio Influent Mind de Internet, em 2016 e 2017, como influenciadora digital, pelo trabalho realizado com os mais de 400 mil seguidores que acompanham nosso trabalho nas redes sociais”, explica Luciana. E por falar em redes sociais, a arquiteta credita grande parte do seu sucesso às ferramentas de marketing digital. “Há seis anos, quando começamos com o portal de cursos on-line, não havia essa disseminação de conhecimento como temos hoje, e com pouco conhecimento conseguíamos resultados incríveis. Hoje, o maketing digital passou a ser mais difundido e quem deseja trabalhar com a Internet tem uma ferramenta poderosíssima nas mãos”, explica Luciana.

Mas ela faz um alerta: “Hoje é preciso saber mais do que o básico sobre marketing digital. Como tudo na vida, é preciso saber fazer além, caso contrário o resultado pode ser decepcionante.”

“O marketing digital democratizou a Internet. Muitas pessoas que se viam reféns dos seus empregos, podem utilizar a Internet para criar um novo trabalho”

Mercado aberto para instrutores

Com o sucesso de portais de videoaula, como o A Arquiteta, abre-se um novo campo a ser explorado por instrutores de diversas disciplinas. “O mercado de instrutores na Internet cresce a olhos vistos, o que é bom, pois assim cada vez mais pessoas podem ter acesso a informações que somente poucas pessoas tinham contato em salas de aula”, avalia Luciana Paixão.

E o que é preciso para um profissional enveredar para as aulas virtuais? “No nosso caso, depois de uma avaliação técnica de conhecimento e formação, avaliamos também a didática e a forma como a pessoa se comunica com o aluno. Isso é fundamental, não deixar a aula cair na chatice virtual é uma das nossas preocupações”, explica.

Internet e Arquitetura

A partir do momento em que o portal de cursos começou a se mostrar algo promissor, Luciana precisou se dedicar exclusivamente a ele. “Não dava para conciliar o trabalho de administrar um projeto que estava em seu início com os trabalhos de arquitetura, foi preciso dar uma pausa, mas agora, além de gerar conteúdo para a Internet e elaborar novos cursos, também desenvolvo alguns trabalhos de arquitetura de interiores e harmonização de ambientes, que são minhas paixões”, diz a arquiteta.

Planos para o futuro? Expandir, claro! “Queremos levar nosso conteúdo, seja pago ou gratuito, sempre cada vez mais longe e aumentar sempre o engajamento com o público de interesse pelas redes sociais”, finaliza.

“Estudar faz parte da minha rotina. Descobrir novas tecnologias para manter o portal sempre atualizado é o principal foco do nosso trabalho”

EAD atinge quase 1,8 milhão de alunos no País

O Censo da Educação Superior 2017, divulgado em setembro do ano passado, aponta que um em cada cinco estudantes matriculados no ensino superior estuda à distância.

O levantamento foi feito pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e as informações são da Agência Brasil. Segundo os dados do censo, as matrículas em EAD cresceram 17,6% em 2017, o maior salto desde 2008, chegando a quase 1,8 milhão de alunos estudando virtualmente, o equivalente a 21,2% do total de matrículas em todo o ensino superior. Em um ano, o número de cursos também aumentou, passando de 1.662 em 2016 para 2.108 no ano seguinte.

Dicas para quem quer empreender na Internet

Quer abrir um negócio virtual, como um portal de cursos on-line e utilizar as ferramentas do marketing digital para se tornar conhecido? Confira as dicas de Luciana Paixão:

• “Hoje, com o marketing digital, tudo é possível. Não há nada que não possa ser compartilhado através de videoaulas. Até aulas de medicina são apresentadas neste formato”

• “Seja o melhor no assunto que você deseja compartilhar e faça esta atividade porque gosta. Sabemos que é difícil não pensar no retorno financeiro em primeiro lugar, principalmente quando se tem contas para pagar, mas se você não se concentrar no prazer de fazer, aos poucos tudo vai perdendo o sentido”

• “A exposição na internet faz com que ganhemos notoriedade, muitos fãs e uma visibilidade que muitas vezes não imaginávamos ter um dia. Muitos, infelizmente, acabam tendo o seu ego atingido por essa fama, se transformando em pessoas às vezes até arrogantes. A fama pode nos fazer parecer ilusoriamente grandes e importantes, mas a falta de humildade com certeza vai fazer nos tornarmos pequenos”

Por Angelo Davanço