Com o Ricardo, não há Desculpas para não Malhar

Ricardo Vallada – foto Rafael Cautella

Personal trainer de Ribeirão Preto (SP) montou Fitness Truck e leva exercícios físicos onde o cliente está, seja em casa ou no trabalho

Quando se pensa em algo dentro do conceito Truck, as primeiras coisas que vêm à mente são guloseimas para lá de saborosas. Quem é que resiste a um burguer artesanal, um churros ou a um hot dog completo? Pois o educador físico Ricardo Vallada, 36 anos, tem uma proposta diferente: levar exercícios físicos e mais saúde para seus clientes por meio de um Fitness Truck.

Ricardo já atuava em diversas academias de Ribeirão Preto (SP), como coordenador e personal trainer, quando percebeu que poderia fornecer algo mais a seus alunos. Conversando com o sogro sobre esta percepção, surgiu a ideia inicial de acoplar uma carretinha ao carro de Ricardo. Mas ele queria mais do que isso. “Fui estudando e colhendo informações até chegar ao Fitness Truck. Fiquei dias e dias sem dormir pensando nesse projeto. No começo, achava impossível fazer o Truck do jeito que eu queria, mas a vontade falava mais alto e, quando estava decidido do que eu queria mesmo, comecei a ir atrás. Iniciei com a parte da carroceria e, depois, tomando forma e cara de uma ‘Academia Móvel’ de verdade. Com muita paciência e dedicação consegui o que realmente queria, e fiquei muito satisfeito”, relata o educador físico. Todo este processo, da ideia original, até colocar o Fitness Truck nas ruas, levou 11 meses.

Ricardo diz que seu negócio oferece treinamentos bem dinâmicos, circuitos funcionais individuais ou em grupos, de acordo com as limitações e objetivos de cada aluno, conforme uma avaliação prévia e a expectativa dos resultados. “Serve para todos os perfis, desde aquela pessoa que quer emagrecer quanto a pessoa que busca hipertrofia muscular, além de idosos e crianças”, diz. E não são apenas clientes individuais que se interessam pela comodidade de receber uma academia na porta de casa. “Empresas de vários ramos também estão interessadas em meu trabalho, devido à flexibilidade e disponibilidade de uma academia móvel para atender seus funcionários em grupos”, explica Ricardo, que também participa de eventos esportivos em praças e parques da cidade.

“Como visão de negócio, é preciso aproveitar o momento ‘fitness’ que a sociedade está vivendo. O profissional de educação física pode fazer a diferença na vida de várias pessoas, e isso tem sido muito valorizado atualmente”

População está mais ‘fitness’

O educador físico Ricardo Vallada diz que, baseando-se nos congressos e cursos que tem frequentado, na procura por seus serviços e na percepção que se tem das pessoas se exercitando de alguma forma em academias ou ao ar livre, o pensamento da população está mudando, em direção a um caminho mais “fitness”. “Muitas pessoas estão procurando, direta ou indiretamente, alguma atividade física, seja ela academia, treino ao ar livre, algum tipo de esporte, ou lazer que movimente o corpo. Anteriormente era mais prioridade a preocupação com a estética corporal, hoje em dia não, as pessoas estão procurando essas atividades não só para a estética, mas para ampliar seus relacionamentos, melhoria na postura e mobilidade corporal, interação, e até para networks”, acredita.

Veja três benefícios de se exercitar nas ruas, em parques ou praças

Contato com a Natureza

A maioria das pessoas passa boa parte do tempo dentro de lugares fechados como escritórios, carros ou casas e apartamentos. É difícil ter algum tempo para olhar para o céu, andar em um parque e apreciar a paz que a natureza promove. Fazer exercícios ao ar livre irá promover esse contato, tão bom, com a natureza.

Fugir da Rotina

Ao praticar exercícios ao ar livre, você perceberá que todo o dia haverá algo novo para se ver e desfrutar. Haverá dias de sol, dias nublados, dias frios e outros bem quentes. Você verá o parque mudando de acordo com as estações. Nunca será monótono.

Autoconhecimento

Conhecer melhor o seu corpo, seus desejos e seu ritmo não é uma exclusividade de quem pratica exercícios ao ar livre. No entanto, o ambiente natural acaba propiciando mais paz e relaxamento. O que colabora para a saúde emocional.

Malhação ao ar livre

Para o educador físico, existe uma grande diferença entre malhar em uma academia ou ao ar livre. Para ele, por ser um ambiente fechado e estruturado, uma academia pode se tornar cansativa para alguns perfis de frequentadores.

“Por outro lado, existem pesquisas que comprovam que se exercitar em um ambiente aberto e livre reduz os níveis de estresse. E nem tem como ser diferente, praticar atividades físicas apreciando uma paisagem agradável relaxa a mente. A sensação faz com que você queira repetir a dose, funcionando como um estímulo natural ao exercício. Aí, o treino deixa de ser obrigação e se torna um prazer”, avalia Ricardo.

E com o Fitness Truck, acrescente outro benefício: ganho de tempo. “Imagine uma pessoa chegando do trabalho, após um dia cansativo, e se depara com uma academia móvel na porta da sua casa? Isso traz comodidade e otimização de tempo para o cliente”, comenta o educador físico, que pensa em aumentar o ritmo de seu negócio. “Hoje, com os resultados e a satisfação dos alunos e empresas que atendo, vejo o negócio como um modelo de franquias”, planeja.

Por Angelo Davanço

Anúncios