Mercado de Assinaturas movimenta 1 bilhão de reais ao ano, no Brasil

NOME DA FOTO?
foto pexels

Pesquisa aponta crescimento de 167% do setor; empresas estimam crescimento de mais de 30% anualmente na base de assinaturas

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCom) mostra o aumento de 167% nos negócios envolvendo os clubes de assinaturas no Brasil, nos últimos quatro anos. O segmento é considerado uma revolução do varejo tradicional e movimenta 1 bilhão de reais por ano. Clubes de assinaturas digitais de beleza feminina e masculina proporcionam mais comodidade para empresas e clientes, e seguem uma tendência de adaptação às necessidades dos consumidores milleniuns.

No Brasil, os clubes de assinatura somavam 300 empreendimentos em 2014, segundo a ABCom. Já em 2017, esse número totalizava 800 empresas do segmento, com movimentação de 1 bilhão de reais ao ano. Mesmo com a alta dos últimos anos, o setor continua promissor e ainda há muito espaço para crescimento. Um sinalizador do potencial desse mercado são os resultados obtidos nos Estados Unidos, por exemplo, onde essas empresas movimentam 10 bilhões de dólares ao ano. “O setor de assinaturas no Brasil representa 0.03% do mercado total de BPC (Beauty and Personal Care), enquanto nos EUA o setor já responde para 0.53%, o que sinaliza que há muito espaço para crescimento”, comenta Jan Riehle, CEO da B4A, startup de beleza digital.

Para Riehle, o País tem certas características, que fazem com que somente empresas profissionalizadas consigam permanecer e crescer nesse mercado. “O custo com logística aqui é alto, somado às leis tributárias são alguns dos entraves desse setor, quando comparamos com a realidade de outras regiões, como os EUA ou a Europa, mas ainda assim é uma operação com grande potencial de crescimento”, explica.

Atualmente, a B4A contém o maior clube de assinaturas digitais de cosméticos femininos da América Latina (Glambox), o maior e-commerce de cosméticos masculinos do Brasil (Men’s Market) e uma divisão que presta serviços de marketing para a indústria da beleza (a B4A Marketing Services). Todos os assinantes recebem mensalmente caixas personalizadas em casa, de acordo com as preferências, particularidades e necessidades de cada cliente, produtos que também estão alinhados às tendências do mercado de beleza.

A B4A conta ainda com programas de benefícios, que recompensam clientes e influenciadores, como o disponibilizado pela marca Glambox. Com ele, os assinantes participam com o acúmulo de pontos mensais, chamados de Glampoints, que podem ser trocados por produtos de beleza no Glamclub. A empresa conta com mais de 28 mil assinantes e prevê que esse número cresça 30%, chegando a 50 mil clientes até 2020

Sobre a B4A

A B4A (Beauty for All) é uma startup de beleza digital, que contém o maior clube de assinaturas digitais de cosméticos femininos da América Latina (Glambox) e o maior e-commerce de cosméticos masculinos do Brasil (Men’s Market), com mais de 28 mil assinaturas. A empresa também conta com a B4A Marketing Services, uma divisão que presta vários serviços de marketing para a indústria da beleza.

Jan Riehle

CEO da B4A, Jan reside no Brasil desde 2011. Foi cofundador e esteve à frente de organizações de sucesso do comércio eletrônico no Brasil, como eOtica, Juv, Itaro, além da empresa de marketing digital OndaLocal. Além disso, o empreendedor investiu em várias startups de 2012 até 2015 e foi fundador da Rising Ventures. Com MBA pela INSEAD Business School, Riehle possui formação em Economia e em Administração de Empresas pela pela Universidade de Hagen.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Kesly Ferreira | Missão Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br