fbpx

OLX lança #QuarentenaDoBem e Incentiva Doações na plataforma

NOME DA FOTO?
imagem pexels

A OLX, plataforma de compra e venda que conta com um tráfego de cerca de sete milhões de pessoas por dia, lança o manifesto #QuarentenaDoBem para ajudar os brasileiros a atravessar esse momento de incertezas. A empresa inicia um movimento para estimular a doação de produtos para as famílias mais impactadas economicamente com a evolução da Covid-19 no país e a redução da atividade econômica local. A recomendação é a de combinar a entrega do item pelo chat para quando a quarentena terminar, já que o mais importante é que todos respeitem as orientações para se manterem seguros em suas casas.

Os colaboradores da OLX Brasil, que estão trabalhando 100% em home office desde o dia 16 de março, também estão sendo convidados a aproveitar o período para olhar para o que têm em casa e que podem oferecer gratuitamente para ajudar outras pessoas.

“Vamos utilizar o potencial da nossa plataforma para apoiar a população do Brasil na manutenção da saúde e no combate à escassez. A OLX exerce um papel fundamental na vida dos usuários ao oferecer espaço para anúncio de produtos e serviços que representam oportunidade de geração de renda, mas também pode ser o lugar em que as pessoas poderão encontrar aquilo que não têm condições de comprar. Abraçamos essa responsabilidade social”, afirma Andries Oudshoorn, CEO da OLX Brasil.

Mecânica da iniciativa

Para colaborar com a iniciativa, os anúncios precisam seguir a seguinte regra: 1º o nome do produto e depois a #quarentenadobem. Por exemplo: sabonete #quarentenadobem ou casaco #quarentenadobem. A hashtag precisa vir sempre depois do item.

Os interessados nas doações devem entrar no site ou no App e buscar por “quarentenadobem” sem a hashtag. Pode incluir no campo de busca o nome do produto também.

As publicações devem seguir os Termos e Condições de Uso da OLX que não permitem a comercialização de determinados produtos.

Dentre os itens que podem ser doados estão artigos de higienização lacrados (álcool em gel, anti Sépticos, sabonetes, etc.); artigos de proteção lacrados (máscaras, luvas, jalecos, etc.); brinquedos, livros e jogos (hobbies e passatempos); roupas e calçados usados ou novos; roupas de cama, mesa e banho, colchões e travesseiros, entre outros. Importante sempre lavar os produtos e as mãos antes de manuseá-los e ao embalá-los também.

Manifesto da OLX

Sabemos que está difícil. E, agora, mais do que nunca, estamos do seu lado para ajudar você a atravessar o momento de incerteza causado pela Covid-19.

Tudo isso que estamos vivendo terá grandes impactos econômicos para todos. E estamos aqui para apoiar você e sua família.

Aqui, nós conectamos pessoas. E vamos usar a força da nossa plataforma para gerar um impacto social que vá além dos sonhos e desejos do dia a dia.

Então, que tal nos unirmos para tentarmos amenizar as consequências dessa crise?

A ideia é Desapegar e doar para quem está sem condições de comprar.

Estamos na vida de milhões de pessoas diariamente. E convidamos todos que puderem a marcar seus anúncios com a #QuarentenadoBem, que irá sinalizar na nossa comunidade que aquele produto específico está disponível para essa doação.

Então, aproveite seu tempo em casa para Desapegar ao máximo de tudo o que não faz mais sentido pra você e que fará muita diferença para outra pessoa. Ou então se Apega a algo que você está precisando 🙂

Ah! Importante lembrar que a recomendação é ficar em casa. Então, orientamos a combinar a retirada mais para a frente.

Vamos nessa?

Sobre a OLX

A OLX estimula uma cultura de consumo consciente, conectando pessoas para que elas possam comprar e vender de forma fácil e rápida. A empresa é líder no mercado de compra e venda online no Brasil, incluindo uma sólida atuação em Autos e Imóveis. Com meio milhão de anúncios todos os dias e uma média de 2 milhões de vendas por mês — cerca de 50 por minuto –, a OLX é uma das empresas de tecnologia que mais crescem no Brasil.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Julia Boarini | Máquina Cohn & Wolfe
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br