fbpx

Aumento no consumo de Tecnologia cria novas Oportunidades de Carreira e Negócios


Até 2024, o mercado de trabalho demandará 420 mil postos de trabalho para profissionais com conhecimentos tecnológicos

As profissões ligadas à Tecnologia da Informação (TI) registram crescimento exponencial nos últimos anos e uma demanda muito maior do que a oferta de profissionais qualificados. Na atualidade, 46 mil pessoas concluem o ensino superior com perfil tecnológico, enquanto a abertura de vagas no mercado pode chegar a 70 mil, até 2024.

O levantamento apresentado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom)* destaca ainda que desde 2018 até 2024, o mercado demandará 420 mil profissionais, dos quais 329 mil serão solicitados no setor de TI.

Na avaliação do coordenador do curso da graduação de Gestão de Tecnologia da Informação (TI) do Senac EAD, Rogério dos Santos Zenaro, o crescimento das profissões ligadas à tecnologia está diretamente relacionada à mudança de comportamento da sociedade. “O exemplo mais corriqueiro foi a adesão aos aplicativos de transporte de passageiros. Antes, as pessoas solicitavam serviços de táxi e agora, a maioria prefere realizar as chamadas pelos aplicativos”, explica.

Outro ponto destacado pelo docente é a validação, no início de abril, da Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/18), que deve aumentar a demanda por profissionais capacitados. “Já temos em execução o Marco Civil da Internet e a Lei dos Crimes Cibernéticos, contudo é necessário criar uma série de políticas específicas para esse contexto. Portanto, é um nicho de mercado que tende a crescer cada vez mais”, argumenta.

Oportunidade profissional

O Senac EAD está atento às transformações do mercado de trabalho e desenvolveu cinco cursos de graduação a distância, com foco no conhecimento digital: Tecnologia em Banco de Dados, Tecnologia em Defesa Cibernética, Tecnologia em Segurança da Informação, Tecnologia em Sistemas para Internet e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. As cinco opções de graduação tecnológicas são novas na modalidade EAD e as inscrições começam em 13 de abril, pelo Site da instituição.

De acordo com o coordenador, três cursos contemplam a área de desenvolvimento e construção de softwares oferecendo ao aluno, oportunidade futura de atuar como programador ou desenvolvedor de sistemas. Os outros dois, na área de segurança, fornecerão subsídios ao profissional que atuará diretamente na segurança dos dados de empresas, instituições e população.

Zenaro destaca ainda que o conteúdo foi desenvolvido para atender à realidade dos estudantes que concluíram o ensino médio e tenham conhecimentos básicos de informática.

“Identificamos que muitos alunos chegam ansiosos, seja por receio de não acompanharem as aulas ou por acreditarem que aprenderão o conteúdo do dia para noite. Por isso, é importante destacar que produção de conhecimento demanda tempo, compromisso e, ainda, a elaboração de um plano de carreira. Nesse sentido, uma dica relevante para o estudante é investir em cursos complementares ou de extensão, como os oferecidos pelo Senac EAD”, conclui.

Fonte: Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) .

Sobre o Senac EAD

Com mais de 70 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 340 polos presenciais para pós-graduação e mais de 300 para graduação.

Acesse a programação completa de cursos do Senac EAD. Há também uma programação diversificada de cursos presenciais que pode ser conferida no Site.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Aline de Oliveira Silva | In Press Porter Novelli
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br