fbpx

Minotauro encomenda máscaras para doações de empresária que transformou lingeries em máscaras de proteção para salvar empresa e manter empregos


A empresária Sarah Mansur teve essa ideia ao se deparar com a necessidade de demitir funcionários e fechar sua loja. Atleta Minotauro faz encomenda para doações.

Uma empresaria de São Paulo, dona de uma boutique e uma marca de lingerie chamada “Hush” que veste Anitta, Pabllo Vitar e outras famosas, desistiu da marca, para usar todo o material que tinha para criar máscaras para o combate do Covid-19. A decisão de Sarah Mansur veio quando a única saída seria demitir costureiras e funcionários, mas então teve a ideia de fabricar máscaras do tecido de lingerie para manter sua loja e empregos. Hoje, a boutique que vendia roupas de luxo no badalado bairro de Moema, vende máscaras a portas fechadas e os pedidos vem do Instagram e Whatsapp. Além disso, parte das máscaras vão diariamente para doações na periferia. A empresária é super bonita, ex modelo, conhecida na moda entre stylists e produtores e sempre vestiu muitas famosas, mas abriu mão de peças luxuosas para ajudar as pessoas no combate a covid-19.

O sucesso foi tanto que chamou atenção na internet e uma das pessoas que se animaram com a iniciativa foi o atleta Minotauro, que visitou a loja e a fabricação de máscaras e está interessado em colaborar com o negócio. A ideia da empresária chamou atenção de outros empresários que querem ajudar, entre eles, o famoso lutador de UFC Minotauro, que encomendou máscaras para serem doadas em comunidades carentes.

A Loja fica na Rua inhambu 1282 e está trabalhando de portas fechadas apenas para entregar encomendas de máscaras feitas pelo Instagram e telefone.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Tony Castro | Yo Entretenimento
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br