fbpx

Covid-19: Tecnologia auxilia no controle de Acesso e Aferição de Temperatura


Equipamento que se utiliza do reconhecimento facial e infravermelho contribui para a segurança das empresas e seus públicos

Como se sabe, uma das estratégias mais importantes para minimizar o contágio pelo coronavírus é o distanciamento social. No entanto, em muitos setores, o trabalho precisa continuar presencialmente. Desse modo, é fundamental que as empresas adotem estratégias para otimizar a segurança de colaboradores e demais públicos. Entre elas estão tecnologias que promovam o controle de acesso e aferição de temperatura simultaneamente, como é caso do CAAT.

O dispositivo se utiliza do sistema de reconhecimento facial e conta com um módulo de temperatura infravermelho. Um recurso importante é a capacidade de reconhecer faces com ou sem máscara. Ou seja, os usuários não precisam retirar o acessório para serem identificados, reduzindo as chances de contaminação.

As funcionalidades do equipamento incluem o cadastro de até 30 mil pessoas, a possibilidade de integração com ferramentas de controle de acesso, o funcionamento sem necessidade de contato e a identificação e aferição de temperaturas a uma distância de até um metro. É importante frisar que não é preciso realizar o cadastro prévio caso não seja necessário.

Outros diferenciais são a exportação de dados em tempo real, a segurança, já que o CAAT Quinyx distingue faces humanas de fotos, e a possibilidade de identificação noturna, pois conta com infravermelho e luzes de LED. Mais informações pelo Site.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Paula Batista | Win Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br