fbpx

COVID-19: Uber cria Fundos de R$ 32 milhões para Investimento Social mirando Parceiros e Comunidade


Apoio aos mais de 1 milhão de parceiros e milhares de viagens grátis para profissionais de saúde, pessoas em situação de vulnerabilidade, doações de sangue ou alimentos são os pilares

São Paulo, maio de 2020 – A Uber criou um fundo de R$ 25 milhões que está sendo usado para apoiar os mais de 1 milhão de brasileiros que usam o app como motoristas e entregadores para gerar renda. Um segundo pacote de investimentos, de R$ 7 milhões, está sendo dedicado a apoiar a comunidade em geral, com o custeio de viagens de Uber a doadores de sangue, viagens para profissionais de saúde e com o apoio a restaurantes cadastrados no Uber Eats.

Na semana passada, a Uber anunciou os números do investimento global – o apoio a parceiros monta a US﹩ 19 milhões (o equivalente a mais de R$ 100 milhões) em todo o mundo.

Presente em todos os estados e em mais de 500 cidades do país, a Uber está buscando mais e mais formas de apoiar os mais de 1 milhão de brasileiros que usam nossos apps para gerar renda. São motoristas e entregadores que têm sido considerados essenciais por diversas instâncias de governo, ajudando a mover o que é essencial nessa hora: médicos, enfermeiros, refeições e remédios.

Os fundos cobrem, entre outras iniciativas

• Financiamento de produtos de limpeza, como álcool em gel – já adquirido por mais de 50 mil motoristas-, e criação de um fundo para fornecimento de até 1 milhão de itens para proteção pessoal.

• Criação de canal para doação de alimentos e kits de higiene para comunidades vulneráveis em parceria com a CUFA – Central Única das Favelas. Já foram doadas 73 toneladas de alimento e kits de higiene.

• Viagens gratuitas de doadores para bancos de sangue em 22 cidades em todas as regiões do país. 4,7 mil doadores já usaram a Uber com esse propósito, e a iniciativa será expandida para mais cidades em breve.

• Viagens gratuitas no Rio de Janeiro para que pessoas curadas da Covid-19 pudessem doar o plasma do sangue e participar de pesquisa para combater os efeitos do vírus em pacientes em estado grave.

• Ajuda financeira ao parceiro que precisa parar de dirigir por orientação médica

• Subsídio na contratação de um serviço de saúde que oferece consultas por videoconferência com médicos do Hospital Albert Einstein, entre outras facilidades

• Investimento de R$ 4 milhões para viabilizar entregas grátis para pedidos feitos em milhares de pequenos e médios restaurantes parceiros do Uber Eats.

• Em São Paulo, em parceria com o Itaú, foram oferecidas 200 mil viagens de Uber para os profissionais de saúde da rede municipal que estão na linha de frente no combate à Covid-19.



PARCEIROS

Desde o começo da crise, a Uber mantém um fundo para apoiar motoristas parceiros da Uber e entregadores parceiros do Uber Eats em qualquer lugar do país. A maior parte é dedicada a oferecer uma ajuda financeira aos parceiros forçados a parar de dirigir por recomendação médica. Os parceiros recebem o equivalente à média dos ganhos que tiveram nos últimos três meses.

O mesmo fundo também está financiando o reembolso por gastos com álcool em gel e com máscaras – cinquenta mil motoristas já compraram itens de limpeza com recursos oferecidos pela Uber, e a empresa pode custear até um milhão de itens. A empresa também passou a oferecer um subsídio na contratação de um serviço de saúde que oferece consultas por videoconferência com médicos do Hospital Albert Einstein, entre outras facilidades.

Além disso, nesse período, toda vez que o usuário der um agradecimento extra em dinheiro a um motorista parceiro, a Uber irá complementar com o mesmo valor.

COMUNIDADE

Além das iniciativas voltadas aos seus parceiros, a Uber também investe em ações para apoiar a comunidade e restaurantes. A empresa fez parcerias com bancos de sangue em todas as regiões do país, bancando a ida e volta dos doadores, para ajudar a socorrer os baixos estoques de sangue no País, agravados com o isolamento social. Desde o início da ação, mais de 4,5 mil doadores já usaram a plataforma da Uber de graça para ir aos bancos de sangue.

No Rio de Janeiro, em parceria com o Hemorio, o hemocentro coordenador do estado, para oferecer viagens a pessoas curadas de coronavírus que queiram doar o plasma do sangue para pesquisa de combate ao vírus.

A Uber e o Itaú Unibanco anunciaram uma parceria para oferecer 200 mil viagens para profissionais de saúde da Prefeitura de São Paulo que estão atuando na linha de frente do combate à COVID-19. Esses profissionais terão direito a fazer viagens pela plataforma da Uber quando a origem ou o destino for um dos centros de saúde da cidade.

Essas medidas fazem parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas como forma de colaborar nos esforços de enfrentamento da pandemia.

A empresa também criou uma loja virtual no aplicativo de entrega de alimentos Uber Eats para permitir a doação de alimentos e kits de higiene para comunidades vulneráveis nas cidades de Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, direcionando todas as doações para a CUFA – Central Única das Favelas, ONG encarregada de cuidar da distribuição das doações. Até o momento, 35 toneladas de alimento e kits de higiene foram doadas.

Para auxiliar mulheres vítimas de violência doméstica durante o período da COVID-19, em parceria com o Instituto Avon e Wieden+Kennedy, a Uber lançou uma assistente virtual que, por meio de um chatbot, oferece uma forma silenciosa das mulheres pedirem ajuda e receberem a orientação necessária dentro de suas próprias casas. Caso seja necessário buscar uma unidade de saúde ou delegacia, a mulher receberá um código promocional para solicitar uma viagem de forma gratuita no aplicativo da Uber.

RESTAURANTES

A Uber também anunciou medidas para apoiar pequenos restaurantes por meio do aplicativo Uber Eats. O aplicativo passou a oferecer entrega grátis para pedidos feitos em milhares de pequenos e médios restaurantes parceiros. Isso torna os pedidos mais baratos para o consumidor – e permite que ele consuma mais, ajudando os negócios a ganharem fôlego. Até o momento, o Uber Eats investiu mais de R﹩ 4 milhões nessa ação.

O Uber Eats também é o único aplicativo a oferecer a esses restaurantes parceiros pequenos e independentes a opção de receber repasses diários dos pagamentos em vez de esperar até o final da semana, para ajudar na manutenção do fluxo de caixa.

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido
Por Vanessa Yamada | Ideal HKS
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br