fbpx

A bebida da quarentena: como a Evino quer democratizar o acesso e consumo do vinho

Em pesquisa realizada com seus clientes, a empresa descobriu que menos de 20% possuem bom conhecimento sobre a bebida

A Evino, atualmente um dos maiores e-commerces de vinhos do País, foi fundada em 2013 quando os sócios Ari Gorenstein e Marcos Leal decidiram realizar um sonho em comum: compartilhar a paixão pelo vinho com o maior número de pessoas e inserir a bebida no dia a dia dos brasileiros. De lá para cá, foram 26,8 milhões de garrafas vendidas e mais de 1 milhão de clientes atendidos.

Para entender melhor os novos hábitos de consumo, surgidos com a quarentena, e ampliar o consumo consciente da bebida, a empresa realizou pesquisa com mais de 1500 clientes registrados em sua base. Entre os pontos levantados está que mais de 70% dos participantes afirmaram possuir um nível de conhecimento mediano sobre vinhos, apesar do mesmo percentual relatar que a bebida está em suas vidas há mais de 5 anos.

Outro ponto que a empresa constatou é que o consumo do vinho aumentou para 6 entre 10 consumidores durante a quarentena. Este fato é inclusive corroborado pelos dados internos da Evino neste período: entre fevereiro e março, o número de novos clientes subiu 72% em relação ao mesmo período de 2019; no segundo trimestre, o número de garrafas vendidas foi 57% acima do esperado; e a quantidade de garrafas importadas entre janeiro e abril foi 72% superior ao mesmo período do ano passado.

As descobertas ainda apontam que para mais de 50% dos participantes, os dois temas que aparecem com maior frequência nas suas redes sociais são gastronomia/bebida e viagem/turismo. Além disso, 56% afirmaram acompanhar seus assuntos de interesse pela TV aberta ou paga, indicando canais como GloboNews, CNN, GNT e Discovery Home & Health.

Com essas informações, a empresa, que já estava investindo em ações que criassem conexões e momentos especiais com seus consumidores, traçou novos planos e estratégias de marketing para democratizar ainda mais o consumo do vinho, além de levar mais informações sobre o este vasto universo para os brasileiros.

No início do período de isolamento social, a empresa lançou a campanha É Hora de Ficar em Casa, estimulando os consumidores a saírem apenas para as atividades essenciais. Parte da campanha, a empresa estreou também uma agenda de lives semanal que funcionam como um canal de acesso ao mundo do vinho. Para continuar surpreendendo e trazendo conteúdo diversificado e interessante para os consumidores, a Evino está aprimorando cada vez mais as lives, que ocorrem às terças e quintas-feiras, a partir das 19h. Nelas, a sommelière Jessica Marinzeck tira dúvidas, conduz degustações e compartilha seu conhecimento, abordando temas como a taça certa para cada tipo de vinho, características típicas das uvas do Velho e Novo mundo, entre outras.

A sommelière também traz convidados especiais, como os ex-MasterChefs Deborah Werneck e Eduardo Richard, o cantor e compositor João Suplicy e a influenciadora Jeska Grecco, para conversar sobre assuntos variados. Em julho, a Evino trouxe os renomados chefs Luiza Hoffmann e Raul Lemos, participantes do reality “Tem Chef em Casa”, do Discovery Home & Health, que a empresa patrocina.

Outra novidade são os kits que, além dos vinhos, dão acesso a sessões de degustações virtuais e momentos de aprendizado de mais de uma hora e limitadas com a sommelière. A primeira edição, focada na região de Bordeaux, contou com dois kits diferentes para abranger as pessoas iniciantes e avançadas neste universo – no total foram apenas 90 kits. A empresa também patrocinou uma sequência de episódios no podcast da Umami.mag, nos quais Jessica abordou harmonizações e apresentou histórias e curiosidades sobre as principais regiões produtoras de vinho na Europa.

A Evino também lançou uma nova ação para engajar e criar novos momentos com os consumidores. Durante os meses de julho e agosto, as compras no site renderão selos que poderão depois ser trocados por prêmios exclusivos de acordo com a quantidade acumulada: até o dia 30 de agosto, a cada R$ 30,00 o consumidor ganhará um selo. Para participar, basta se inscrever na página Selos de Inverno. São cinco prêmios diferentes, compostos sempre de um vinho e um acessório, como um trio Famiglia Castellani e uma bolsa de neoprene exclusiva, que poderão ser resgatados até o dia 15 de setembro.

“Estamos em um momento de expansão de marca, aumentando a exposição da Evino em diferentes plataformas, fortalecendo nosso time inovador e criando novos canais de interação com os nossos consumidores” afirma Eduardo Souza, CMO da Evino. “Entendemos que há um movimento atual pela busca de experiências diferenciadas, enriquecedoras e exclusivas, e para atender às demandas de clientes cada vez mais exigentes, estamos inovando interna e externamente”, completa.

Você também vai gostar de ler: Vinho & Negócios

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Agencia Ecomunica
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br