Com grandes comércios fechados por conta dos efeitos da Covid-19, micro e pequenos empresários de Ribeirão Preto movimentam a economia da cidade.

Apesar das pesquisas apontarem que cerca de 60,4% das empresas poderão fechar em até 2 meses por conta da crise econômica, os pequenos comércios prometem reverter esse cenário.

Brasil, julho 2020: Por meio das notas fiscais eletrônicas, a Receita Federal aponta que o mês de junho teve o maior volume de vendas do ano, cerca de R$ 24 bilhões por dia, um crescimento de 15,6% comparado a maio.

O isolamento social, durante a pandemia da Covid-19, também disparou as vendas no comércio eletrônico. Em junho, o crescimento das notas fiscais eletrônicas referentes às vendas pela internet chegou a 73% em relação ao mesmo mês do ano passado, e a média diária chegou a R$ 670 milhões.

O mapeamento diário das vendas, para mensurar o impacto do Coronavírus, mostra, também, que nem todas as empresas foram impactadas negativamente. Um grupo de 200 mil empresas conseguiu manter o volume de vendas mesmo durante a pandemia. Muitas delas fizeram vendas diretamente para o consumidor final. Em pouco mais de dois meses de reclusão social foram abertos 107 mil novos estabelecimentos. Segundo o levantamento do Sebrae, estima-se que 400 mil pequenos negócios tiveram aumento médio de 47% na receita porque apostaram mais nas vendas online e serviços de internet.

Outra ferramenta que está transformando na maior plataforma global de vendas do mundo para os pequenos negócios é o WhatsApp. Um mercado de 195 milhões de brasileiros que está presente em 94% dos celulares e que representa, somente no Brasil, uma oportunidade de R$ 600 bilhões desse nicho de mercado.

Uma pesquisa da ACIRP – Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto aponta que 60,4% das empresas podem encerrar as atividades em até dois meses, devido à crise econômica instalada desde o início da pandemia do novo Coronavírus. Mas, quando o assunto é e-commerce, a região de Ribeirão Preto não fica atrás de nenhuma outra cidade do interior do estado, que registra um faturamento de R$ 414,8 milhões, perdendo apenas para a capital, que registra o volume de R$ 1,6 bilhão. Segundo a Fecomercio, a cidade disparou nas vendas pelo comércio eletrônico. E, contrariando todos os efeitos negativos da pandemia, micros e pequenos empresários garantem o giro da economia com vendas pela internet e WhatsApp.

Saiba mais sobre os impactos da pandemia nos negócios:
Vida a.c. e d.c.: Antes e Depois do Coronavírus
Digitalização é palavra-chave para Empresas durante Pandemia

Para orientar o pequeno e médio empreendedor que ainda não opera na web e que quer fisgar o consumidor que está ajudando a movimentar R$ 24 bilhões por dia, o autor do best-seller mais lido na área do marketing digital, Conrado Adolpho, está realizando diariamente lives para ensinar tudo o que os pequenos e médios empresários precisam saber para planejar uma estratégia de divulgação e valorização de seu produto, além de deixar a empresa relevante na internet.

“Em média, as pessoas passam 4 horas e 59 minutos acessando a internet contra 4 horas e 31 minutos assistindo televisão. Diante desse número, fica claro que os empresários devem ter a sua presença na rede online para aproveitar todas as oportunidades de vendas que ela oferece’’, comenta o especialista em marketing que, destaca ainda, que apesar desse índice, nem todos os empresários sabem utilizar a internet para vender e valorizar os seus produtos e criar relacionamento com o público-alvo.

“…o empresário que não estiver atento às mudanças sobre como as pequenas empresas estão fazendo negócios na economia atual verá seu negócio definhar em menos de 1 ano’’, alerta.

O especialista em marketing digital, além de atender aos empresários, também dá dicas para o consumidor, desde como iniciar um negócio na internet até não cair nas vendas fraudulentas online que cresceram 60% durante a pandemia.

Serviço: 

Curso gratuito:

Data: Todas as terças-feiras, às 19h, no canal do YouTube

 Próximos eventos online:

Masterclass

Data: 08/08/2020

Conteúdo: Táticas mais eficazes para fazer dinheiro rápido sem precisar de novos clientes e alavancar os negócios.

Próxima Imersão

Data: 24, 25, 26 e 27/09

Duração: 42 horas de imersão online

Horário: 9h às 22h

Conteúdo: Treinamento intensivo de marketing digital 3 dias

Inscrição: https://8ps.com/#querosabermais

Sobre: Conrado Adolpho é empresário dos setores de educação, marketing e tecnologia há 24 anos; autor do livro ‘’Os 8Ps do Marketing Digital’’- best-seller em marketing – sendo utilizado como material base em diversas faculdades de negócios como Mackenzie, USP, ESPM, dentre outras.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Claudia Cristina – ClaCRI Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br