fbpx

De Heus lança programa nutricional para a fase de cria

O Programa ReproBeef aumenta as taxas de fertilidade das matrizes e a qualidade dos bezerros desmamados

A De Heus anuncia o lançamento do programa nutricional ReproBeef. Essa tecnologia nutricional tem como objetivo auxiliar o pecuarista a otimizar os índices produtivos e reprodutivos do rebanho de cria. “O programa é um avanço na área de nutrição e tem por objetivo aumentar as taxas de fertilidade e a qualidade dos bezerros desmamados nos sistemas de produção de bovinos de corte, tanto no Brasil como em vários outros países do mundo”, explica Fabiano Alvim Barbosa, Pesquisa e Desenvolvimento De Heus Global.

Ainda de acordo com Fabiano Alvim, o aumento da fertilidade do rebanho e a melhoria da qualidade dos bezerros proporcionam maiores retornos econômicos para os pecuaristas. “Diversos estudos sobre nutrição materna durante a gestação, também conhecidos como ‘Programação Fetal’, já evidenciaram o impacto positivo da nutrição das matrizes, tanto na fertilidade como no crescimento de sua cria. O investimento na alimentação das matrizes proporciona maior número de bezerros desmamados e melhora a eficiência produtiva do sistema como um todo. Outras pesquisas também comprovaram que a adequada nutrição materna durante a gestação proporciona ganhos na cria, como redução da idade no primeiro parto da novilha, com maiores taxas de prenhez, e bezerros mais pesados ao desmame e ganhando mais peso até o abate”, afirma.

O sucesso dos pecuaristas em fazendas de cria depende do manejo, da genética, da sanidade e da nutrição. Portanto, é necessário um trabalho que leve em consideração todos esses fatores para o êxito da atividade. “Nosso objetivo com o programa é integrar e conectar cada um destes elementos e auxiliar os pecuaristas a implantarem tecnologias que proporcionem maior rentabilidade no negócio”, completa Anderson Di Pietro, Gerente de Produtos — Ruminantes, da De Heus Brasil.

Ele explica que a fase de cria é explorada prioritariamente em pastagens, por isso o correto manejo do pasto é essencial para o sucesso da atividade e, consequentemente, do Programa Reprobeef. “De maneira geral, são utilizadas pastagens de gramíneas tropicais, que sofrem variações quantitativas e qualitativas ao longo do ano, dependendo das características climáticas de cada região, com períodos secos ou com maior precipitação. A variação de qualidade e quantidade das pastagens pode influenciar na condição corporal das matrizes Por isso, para a implantação do novo programa, a equipe técnica da De Heus faz uma análise de todos os processos, tanto da genética, como da sanidade, do manejo e também da nutrição, para então fazer indicação mais precisa — sobre o tipo de suplemento a ser utilizado —, visando uma nutrição adequada às matrizes ou ao par vaca-bezerro”, explica.

Para o melhor aproveitamento, Di Pietro esclarece que é necessária a indicação de suplementos adequados para cada realidade, por isso o novo programa nutricional é customizado conforme a necessidade do rebanho, tendo um acompanhamento técnico e especializado, durante a implantação, inclusive com a avaliação dos resultados. “Dependendo do estágio do ciclo reprodutivo, vacas e novilhas apresentam necessidades específicas de energia, proteína, minerais e vitaminas. E, assim, o Reprobeef auxilia para um melhor plano nutricional em fases específicas das matrizes, aumentando a taxa de prenhez e o peso ao desmame dos bezerros”, completa.

O Programa ReproBeef vem sendo desenvolvido globalmente, desde 2019, pela área de Pesquisa e Desenvolvimento da De Heus, na Holanda, juntamente com as Unidades de Negócios, em vários países. “Atualmente, alguns resultados pontuais foram avaliados com a realização de provas de campo feitas com diversos produtos em fazendas, e, por isso, estamos desenvolvendo e implementando o programa globalmente, baseado na melhora da nutrição materna durante a gestação e após o parto, durante a estação de monta, para aumentar a fertilidade do rebanho e a qualidade do bezerro”, finaliza Fabiano Alvim.

Para conhecer mais sobre o assunto acesse o link.



Você também vai gostar de ler: Terra, Água, Sol e Tecnologia, Muita Tecnologia

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Estilo Press
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br