fbpx

Genera inova como laboratório pioneiro no Brasil em testes de ancestralidade

Teste analisa 700 mil pontos do DNA para histórico de pelo menos 5 gerações de cada pessoa, além de análises de aspectos de saúde e bem-estar

São Paulo, outubro de 2020 – Como resultado de anos de convivência de diferentes etnias, a miscigenação encontrada em todos os cantos do Brasil é algo muito fácil de se enxergar a olho nu, mas o que poucos sabem é que essa junção de diferentes culturas pode ser vista dentro de cada um, em uma única amostra de DNA. Esse é o objetivo da Genera , laboratório brasileiro especializado em genética, que por meio de testes de ancestralidade (os quais a empresa oferece desde 2014), oferece aos brasileiros a oportunidade de se conectarem ainda mais com a própria história.

Fundada por Ricardo Di Lazzaro Filho e André Chinchio, a instituição atua com o foco em inovação e trouxe ao país algo muito difundido na América do Norte e Europa. Segundo levantamento do MIT Technology Review , pelo menos um a cada 25 americanos adultos já fez o teste que permite ver no mapa de que partes do mundo veio seu DNA, além do caminho das linhagens materna e paterna desde 100 mil anos atrás.

“O teste de ancestralidade é feito a partir de uma técnica chamada Microarray, que consiste na leitura de aproximadamente 700 mil pontos do DNA de uma pessoa e comparação do resultado com dados genéticos de indivíduos que apresentam histórico genealógico conhecido e associável a uma determinada localidade do globo por pelo menos 5 gerações”, afirma Di Lazzaro, também médico formado pela Faculdade de Medicina da USP.

Saúde e bem-estar

Além do teste de ancestralidade, a Genera também trabalha com testes voltados a saúde e bem-estar, que incluem resultados como tendência a deficiências de vitaminas ou a doenças como diabetes, fotoenvelhecimento, obesidade e alcoolismo, sensibilidade a cafeína, fome emocional, nível sociabilidade e impulsividade de cada indivíduo. Esses são alguns dos aspectos que são voltados para uma boa qualidade de vida e autoconhecimento.

Os resultados apontam caminhos para se ter uma alimentação mais adequada e personalizada de acordo com metabolismo, quais as maneiras de cada um para alcançar o máximo desempenho nos exercícios físicos e evitar lesões, conhecer os desafios do próprio DNA para o futuro e assim já prevenir doenças mais comuns e características bem peculiares através da genômica pessoal.

Com isso, a Genera está dando uma nova cara ao mercado de genética brasileiro, investindo constantemente em pesquisa e desenvolvimento com foco em inovação. “Nosso principal objetivo é tornar os testes genéticos acessíveis à população, tanto do ponto de vista econômico quanto de produção de conteúdos e resultados compreensíveis para popularizar esse nicho, alcançando assim o maior número de pessoas e ajudá-las na trajetória do autoconhecimento”, afirma Ricardo.

Acompanhe aqui mais notícias sobre negócios.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por NR-7 Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br