fbpx

Apesar da origem humilde ele conseguiu chegar em Harvard, Stanford, Oxford e no MIT

“Você é o maior protagonista da sua história. Não importa de onde você vem. Você pode chegar onde quiser.”

É possível afirmar que essa frase de Matheus Tomoto diz muito sobre sua trajetória.O jovem de 29 anos, nascido em Sorocaba (SP) é inspiração para seus milhares de seguidores, que buscam o tão sonhado intercâmbio.

O humilde garoto, que estudou em colégios públicos do interior de São Paulo, é o típico brasileiro que não mede esforços para alcançar seus objetivos. Provou isso ao deixar a vida simples para trás em direção à uma referência mundial em ensino: a conceituada Universidade de Harvard.

Sempre esforçado e dedicado aos estudos, aos 17 anos conquistou uma bolsa na Faculdade de Engenharia de Sorocaba, onde cursou engenharia mecatrônica.

Matheus Tomoto – Foto divulgação

Ainda na universidade foi em busca do maior sonho, uma bolsa no exterior, mas se deparou com uma limitação: era preciso comprovar o nível de inglês através de teste de proficiência.  Sem recursos para pagar um curso, Matheus se dedicou por três meses no aprendizado do idioma, utilizando sites e exercícios gratuitos que culminaram na resposta positiva: conseguiu uma bolsa integral para estudar na Purdue University, em Indiana (EUA), uma das 50 melhores do mundo, na área de engenharia.

Foi neste momento que a simplicidade se mostrou aliada do jovem. Sem entender das temidas dificuldades, enviou centenas de cartas para as universidades americanas com seu currículo e história de vida, visando conseguir um estágio remunerado. A ousadia abriu portas! Para sua surpresa, foi selecionado para instituições que estão entre as melhores universidades do país.  Harvard, Stanford e Massachusetts Institute of Technology (MIT) foi a escolhida pelo jovem, pelo renome na área de engenharia. Por lá foi estagiário e desenvolveu pesquisas relacionadas à inteligência artificial. Trabalhou durante dois anos em Harvard como pesquisador temporário da organização.

Ao retornar para o Brasil, Matheus entendeu que sua jornada foi uma exceção diante da realidade de muitos jovens que não tem acesso à uma educação de qualidade e decidiu ensinar tudo o que aprendeu na vivência internacional.  

Ao comando da plataforma Universidade do Intercâmbio, o agora mentoreducacional Matheus Tomoto, passou a oferecer consultorias aos que desejam ir ao exterior para estudar, trabalhar ou desenvolver o inglês.

O jovem de sucesso conta que já são milhares de alunos pelo mundo. “Nossa intenção é que eles consigam estudar no exterior, se desenvolver, adquirir novas experiências, aprendizados e voltar ao Brasil para enriquecer o nosso país, seja em tecnologia, cultura, pesquisa ou na sua preparação pessoal mesmo”, conta o mentor que semanalmente ministra aulas online e gratuitas, com conteúdo exclusivo, através de seu canal no Youtube (/matheustomoto).

No dia 25 de outubro Matheus alcançou mais um feito, completou 100 domingos ininterruptos se dedicando à missão de ajudar os seguidores a alcançarem seus objetivos. Alguém duvida que esse é apenas o início?

Você também vai gostar de ler: Os Desafios de Camila no Mercado (ainda) Masculino da Programação

Por: Lu Barbosa Assessoria