fbpx

Presença do Papai Noel será virtual em 43% dos shopping centers do país

Levantamento da Abrasce mostra que empreendimentos estão em linha com protocolo de recomendações para o Natal feito em parceria com o Sírio-Libanês

A principal figura do Natal vai encarar uma nova realidade neste ano. De acordo com pesquisa feita pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), 43% dos shoppings terão a presença de Papai Noel virtual, enquanto 24% ainda estão avaliando qual será a estratégia mais viável e outros 19% não pretendem contar com o bom velhinho. Aproximadamente 14% dos empreendimentos terão a presença do Papai Noel isolado do público ou boneco do Papai Noel disponível para fotos. O resultado do levantamento está em linha com o protocolo de recomendação para o Natal desenvolvido pela Abrasce em parceria com a área de consultoria do hospital Sírio-Libanês, uma das principais referências em saúde do Brasil.

“O momento é de reforçar a confiança que o consumidor tem nos shoppings e recebê-lo com segurança para realizar suas compras, evitando fluxo intenso de pessoas”, afirma Glauco Humai, presidente da Abrasce. Desde o início da reabertura do shoppings, os empreendimentos já operam seguindo rígidos protocolos estabelecidos pela Abrasce em parceria com instituições referência em saúde no Brasil para preservar a saúde e a segurança de colaboradores, clientes e lojistas. No entanto, com a proximidade do Natal e particularidades da data, a entidade produziu um protocolo específico (acesse o protocolo pelo link http://bit.ly/2TE6LKb) .

Cerca de 95% dos shopping esperam aumento de vendas neste Natal em comparação às semanas anteriores. A alta esperada é de cerca de 27%. Em relação ao Natal do ano passado, há a expectativa de queda de 2% nas vendas. Apesar de esperarem vendas menores, o resultado da pesquisa confirma a recuperação gradual e contínua do setor, que teve seus 577 empreendimentos fechados por conta da pandemia de Covid-19, e chegou a registrar perda de 90% nas vendas.

Tíquete médio esperado para o Natal de 2020. Fonte: Abrasce

Para 95% dos shoppings, há expectativa de aumento no fluxo de visitantes na semana do Natal em comparação com as semanas anteriores. A alta esperada é de cerca de 35%. Além disso, 78% dos shoppings manterão as promoções tradicionais como sorteios- sendo carros, vale compras e smartphones as principais premiações – e compre e ganhe. E, para a realização dessas promoções, também haverá adaptações no balcão de troca: o balcão de troca virtual será utilizado por 46% dos empreendimentos, enquanto o balcão físico será mantido por 32%, respeitando-se as medidas de segurança. Também será usado, por 13% dos shoppings, o balcão de troca com autoatendimento. Já o tíquete médio esperado para este Natal é de cerca de R﹩ 300 contra R﹩ 186 no Natal do ano passado.

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por FSB Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br