fbpx

Hotmart vai aderir ao trabalho remoto permanente e anuncia vagas para o novo modelo de trabalho

Serão ofertadas 400 oportunidades para a contratação de novos desenvolvedores

São Paulo, janeiro de 2021 – A Hotmart , uma das empresas de maior impacto global no ensino por meio da tecnologia, segundo a GSV Global EdTech 50, e uma das líderes globais no mercado de produtos digitais, anunciou na última sexta-feira, 22, a adesão permanente ao trabalho Home Office. O comunicado vale para as sedes em São Paulo e Belo Horizonte, no Brasil, e também para os escritórios da Holanda, Espanha, EUA, México, Colômbia e França. No novo modelo de trabalho, serão ofertadas 400 vagas para a contratação de novos desenvolvedores.

A iniciativa surge em momento de incertezas causadas pela pandemia do novo coronavírus, que acelerou a decisão em resposta aos desafios do contexto atual. Todos poderão trabalhar de casa e, até o final de 2021, os eventos internos obrigatórios da empresa também continuarão sendo online. Para os próximos anos, a ideia é que os escritórios da companhia estejam abertos e disponíveis, mas sem a obrigatoriedade de os colaboradores trabalharem nesses espaços todos os dias. “O mundo mudou e o trabalho remoto existirá para sempre na realidade da maioria das empresas. Vamos dobrar nossa aposta no pilar liberdade. Nossa ideia é criar escritórios tão incríveis que, mesmo sem obrigatoriedade, muitos vão querer estar lá, próximos uns dos outros. Mas isso não será uma imposição da empresa”, salienta João Pedro Resende, CEO e cofundador da Hotmart.

Já com relação às contratações, que devem aumentar daqui para frente, o contratado que estiver em um estado ou país que não possua uma sede oficial da Hotmart, estará vinculado à sede mais próxima para fins de logística. Com mais flexibilidade e autonomia, a empresa espera continuar atraindo os melhores talentos e confirmando seu diferencial competitivo no mercado.

Empresas como Twitter, XP Inc., Johnson & Johnson e Ambev também adotaram o Home Office como forma de trabalho. Pesquisa realizada em maio de 2020, pela consultoria Cushman & Wakefield apontou que 74% das empresas pretendem instituir o teletrabalho definitivo após a pandemia. O estudo foi feito com 122 executivos de multinacionais que atuam no Brasil. Para João Pedro Resende, trabalhar lado a lado com outras pessoas pode trazer benefícios imensuráveis em velocidade de aprendizado, criatividade, construções de laços de confiança e amizade, mas não acredita que forçar isso, por meio de uma limitação geográfica, será o caminho. “Os tempos são outros, mas nossa cultura e nossa missão continuam as mesmas. Que estas mudanças e toda esta flexibilidade sirvam para não só construirmos uma empresa melhor, mais competitiva e com mais talentos, mas também traga para todo o time opções que nos ajudem a melhorarmos nossas vidas no nível pessoal”, finaliza.

Leia também:

O Futuro pode Garantir Trabalho , mas não Emprego

A Hora e a Vez das Startups. Você está Pronto para a Jornada?

Profissões do Futuro Emergem em Meio a Profundas Transformações do Mercado de Trabalho

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por FSB Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br