fbpx

Banco BV e Google Cloud assinam acordo de tecnologia, com foco em uso intensivo de dados e AI

Como base da sua estratégia de longo prazo, a instituição trabalhará junto com o Google Cloud para evoluir suas plataformas e criar novas soluções, em movimento inovador no mercado

São Paulo, 8 de fevereiro de 2021 – O banco BV, um dos maiores bancos privados do país, anuncia que assinou um acordo com o Google Cloud para aprofundar sua jornada contínua de inovação, explorando novas oportunidades de soluções no mercado, com ênfase no uso intensivo de Dados e Inteligência Artificial. A iniciativa constitui a primeira fase de uma parceria de longo prazo entre o BV e o Google Cloud onde ambas as empresas estão comprometidas em explorar outras oportunidades a fim de escalar o trabalho conjunto no futuro. Através das tecnologias em nuvem, o BV reforça sua estratégia de longo prazo focada em Open Finance.

“A proposta é unir forças e contar com a tecnologia do Google Cloud para alavancar ainda mais o que o BV já vem fazendo no mercado. Eles agregando conhecimento de inteligência de dados e tecnologia, e nós com a expertise de crédito e outros produtos financeiros, numa busca contínua por inovação para o setor”, afirma Guilherme Horn, diretor de Estratégia e Inovação do banco BV.

O acordo engloba uma frente tecnológica e uma de negócios. A frente tecnológica, já iniciada, envolve um plano acelerado de evolução de aplicações já existentes, com uso de dados e adoção de soluções de Inteligência Artificial e Machine Learning. Por meio destes projetos, o BV se beneficia da escalabilidade, flexibilidade e segurança da nuvem do Google, com ganhos de eficiência operacional e maior agilidade no time-to-market dos produtos. Isto ocorre num momento chave, em que o setor financeiro está atravessando grandes transformações, fomentadas tanto pelas demandas e expectativas dos consumidores como pelas mudanças regulatórias.

Com esta base tecnológica, o BV explora novas oportunidades na criação de produtos de crédito, pagamentos e investimentos para pessoas físicas e empresas. Estes produtos poderão ser ofertados diretamente pelo BV ou por meio de parceiros, as startups plugadas na plataforma BV Open. A iniciativa reforça o posicionamento do BV como parceiro preferido das startups. Atualmente, o banco conta com mais de 150 parceiros, entre fintechs, marketplaces e outros mais.

“Acreditamos muito nesse modelo de negócio em que unimos expertises. Dessa forma, oferecemos produtos e serviços ainda melhores para nossos clientes e também contribuímos para o ecossistema de inovação, levando soluções que tornem mais leve a vida financeira das pessoas”, explica Horn.

Com a evolução desta jornada, todas as transações e operações críticas do banco serão processadas na nuvem do Google. O BV passa a adotar soluções do Google como pilares da sua estratégia de tecnologia. O Apigee – plataforma de gerenciamento de APIs (Interface de Programação de Aplicativos), por exemplo, será uma peça central na estratégia de Open Banking do BV, permitindo a integração com outros ecossistemas digitais, como plataformas de pagamento mobile, de forma rápida e segura. De valor essencial para o longo prazo, o Anthos, plataforma de modernização de aplicações, possibilita maior agilidade na criação e gestão integrada de aplicativos em nuvem híbrida, ou mesmo multi-cloud, que é um pilar chave para aprimorar e maximizar a experiência de usuários e inovar mais rapidamente.

“Estamos extremamente entusiasmados com esta parceria porque ela se alinha com dois pontos centrais para nosso negócio. O movimento do BV, ao ser disruptivo tanto em escopo como na velocidade, sinaliza o caminho para outras empresas brasileiras sobre como usar a nuvem como aliado frente às radicais mudanças que estão acontecendo em todas as indústrias, em especial a financeira. Não se trata somente de uma questão de tecnologia e de custos. Além disso, a estratégia do BV em construir soluções através de seus parceiros se alinha com a visão do Google Cloud de que dados e APIs abertas são os habilitadores centrais na transformação dos negócios, além de novas formas de colaboração”, afirma Marco Bravo, Head de Google Cloud no Brasil.

Leia tambem:

Indústria de Bens de Consumo passa por Transformações

De uma hora para outra o Brasil parou e a Economia foi parar na UTI

Vamos Superar esse Momento, mas Não voltaremos ao estado de Antes

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por Assessoria de imprensa | Danthi
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br