fbpx

Piemonte Holding lança plataforma de trading de ativos financeiros baseada em tecnologia blockchain

O grupo financeiro Piemonte Holding anunciou o lançamento de uma plataforma de trading de ativos financeiros inteiramente baseada na tecnologia blockchain, a primeira desta natureza no Brasil e na América Latina. A ferramenta permitirá aos investidores privados da Piemonte negociar cerca de R$ 150 milhões em debêntures proprietárias e cotas de fundos de investimento totalmente via blockchain, a partir de sua posição e usando a plataforma de mercado secundário criada pela Piemonte no blockchain público da tecnologia Ethereum.

“Esta plataforma é mais um marco em nosso desenvolvimento de uma tecnologia em blockchain adaptada ao Brasil. Em um momento aonde globalmente o interesse em ativos cripto continua aumentando, veja o investimento bilionário da Tesla ou os resultados dos fundos dedicados a este mercado, o Brasil não pode ficar para trás”, explica Alessandro Lombardi, CEO do Grupo Piemonte, que foca seus investimentos em armazém de dados (Data Centers) e tecnologia blockchain destinada ao mercado financeiro.

Desenvolvida em parceria com a empresa de tecnologia Horizon Fintex, a plataforma está disponível para download na Apple Store e pode ser acessada via smartphone. O acesso à negociação, entretanto, será restrito, por enquanto, apenas aos investidores privados da Piemonte. Poderá ser utilizado por investidores em geral somente após regulamentação e aprovação da tecnologia pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Depois de ser a primeira emissora de debêntures em blockchain na América Latina, em dezembro de 2019, a Piemonte Holding agora também é a primeira desenvolvedora latino-americano de uma plataforma de negociação proprietária baseada inteiramente em tecnologia blockchain.

A emissão e negociação de títulos na rede Ethereum visa a máxima transparência com o mercado e entre os investidores. Os detentores de títulos e fundos da Piemonte podem agora negociar entre eles, investidores privados, qualificados e adequados aos parâmetros de compliance da Piemonte, em seu mercado descentralizado.

O pioneirismo da Piemonte Holding no desenvolvimento da tecnologia blockchain aplicada ao mercado de capital tem como foco o investidor moderno, operadores que usam aplicativos de celulares diariamente, não recorrem mais à papelada como no passado, e buscam hoje pela maior transparência nas transações. Ao concretizar essa visão, a Piemonte traz o potencial de realizar negociações simples e baratas para todos os participantes do mercado.

“A mudança para títulos de investimento digitais é inevitável, e vem trazendo as vantagens de maior inclusão financeira, um acesso mais amplo, uma nova base de investidores e processos de compliance e transparência aprimorados. A eficiência, velocidade e resiliência da tecnologia blockchain permite que nosso novo mercado de investimento transfira recursos entre investidores rapidamente e sem lacunas de informação. Estamos ansiosos para que nossos reguladores possam opinar sobre esta nova tecnologia para que todos possam se beneficiar, e não somente os investidores privados do nosso grupo “, continua Alessandro Lombardi.

A Piemonte Holding trabalha desde 2017 para alinhar suas ofertas de títulos com a tecnologia blockchain, ao mesmo tempo em que segue rigorosamente as complexas leis e regulamentações de valores mobiliários e de compliance internacional no Brasil. O software blockchain da empresa oferece suporte às ofertas da Piemonte, desde a emissão até o mercado secundário.

Seus instrumentos financeiros foram emitidos no Ethereum de acordo com o padrão ERC-20 usando a tecnologia centrada em rollup Ethereum 2.0 licenciada e operada pela Horizon Fintex, em conjunto com seu investidor integrado KYC (Know Your Client), AML (Anti Money Laundering) e software de custódia de ações.

A Piemonte possui cinco instrumentos em blockchain Ethereum com valor de emissão de aproximadamente R$ 150 milhões, cerca $25 milhões de dólares americanos:


. Debênture 1: R﹩33.000.000, endereço Ethereum 0x88c42289910be3BEA95449627DFa83BbF3d80CEA
. Debênture 2: R﹩66.000.000, endereço Ethereum 0x7dC89337C29e7B0E71D115B6c6D90c7d45AbE081
. Fundo Alba 1: R﹩35.000.000, endereço Ethereum 0x763d2Ed06769155D72d8141AA431A4c1238c5F6e
. Fundo Alba 2: R﹩10.000.000, endereço Ethereum 0x4307f0901e6c566a1E505e2b7de458ceD168Ca44
. Fundo Alba 3: R﹩5.000.000, endereço Ethereum 0x2BBe86d2E610Ea01bc8FccE9De03ce922A23b798

“Estamos satisfeitos com esta tecnologia, que tem um potencial que vai além do atual. Pensar em realizar IPOs, ofertas públicas com um aplicativo disponível na Apple Store que é transparente, aberto e descentralizado, é algo que nos projeta para 5, 10 anos à frente”, conclui o CEO da Piemonte Holding.

Leia também:

Blockchain: Uma Revolução Feita em Blocos

O que esperar dos Sistemas Financeiros durante e após o coronavírus?

Vamos Superar esse Momento, mas Não voltaremos ao estado de Antes

Aviso:

Este comunicado à imprensa pode incluir “declarações prospectivas”. Na medida em que as informações apresentadas neste comunicado à imprensa discutem projeções financeiras, informações ou expectativas sobre nossos planos de negócios, resultados de operações, produtos ou mercados, ou de outra forma fazem declarações sobre eventos futuros, tais declarações são prospectivas. Essas declarações prospectivas podem ser identificadas pelo uso de palavras como “deveria,” “pode,” pretende,” “antecipa,” ” acredita,” “estima,” “projetos,” “previsões,” “espera,” “planeja” e “propõe.” Embora acreditemos que as expectativas refletidas nessas declarações prospectivas sejam baseadas em suposições razoáveis, há uma série de riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais sejam materialmente diferentes de tais declarações. Recomenda-se que você analise cuidadosamente e considere quaisquer declarações de advertência e outras divulgações, incluindo as declarações feitas sob o título “Fatores de risco” e em outras partes da declaração de oferta que iremos registrar junto à SEC. As declarações prospectivas valem apenas a partir da data do documento no qual estão contidas, e a Piemonte Holding de Participações S.A. não assume qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas, exceto conforme exigido por lei.

ESTE COMUNICADO DE IMPRENSA NÃO CONSTITUI UMA OFERTA DE VENDA DE TÍTULOS OU A SOLICITAÇÃO DE UMA OFERTA DE COMPRA DE TÍTULOS EM QUALQUER JURISIDIÇÃO ONDE TAL OFERTA OU SOLICITAÇÃO NÃO SEJA PERMITIDA.

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por FSB Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br