Crowdfunding equity Wishe viabiliza investimento de R$ 1 mi para PHP Biotech

Pessoas físicas podem investir na healthtech, que busca soluções biotecnológicas para curar o câncer de mama, a partir de R$ 5.000,00

A Wishe , grupo de investimento focado em startups inovadoras lideradas por mulheres, na próxima segunda-feira (15/3), por meio da sua plataforma de Crowdfunding Equity, abre a rodada de investimento que busca viabilizar R 1 mi para a PHP Biotech , a startup com foco no desenvolvimento de um medicamento para o tratamento do câncer de mama, fundada em 2020.

“Na Wishe atuamos com pilares que chamamos dos 3 “C’s”, que são: Comunidade, Captação e Capacitação. A pessoa que investe conosco possui experiência que vai além de entrar com o capital, ela também pode colaborar com a empresa por meio de mentorias, eventos, conversas e networking com investidores que já atuam no mercado”, explica Rafaela Bassetti, CEO e sócia da empresa.

Aos interessados, a Wishe não faz validação cadastral e as opções de investimento variam entre R﹩ 1 mil e R﹩ 10 mil. As transações financeiras são feitas pela fintech Iugo . Ao final de cada rodada, caso o valor do aporte não seja alcançado, a plataforma devolve integralmente o dinheiro investido pela pessoa.

Com foco no tratamento e em busca de curar o câncer de mama do tipo Triplo-Negativo, a PHP Biotech foi fundada durante o mês do Outubro Rosa de 2020, a partir do desenvolvimento da biomolécula 3-NAntC. Depois de 15 anos de pesquisa, com comprovação antitumoral e vários testes desenvolvidos, a healthtech tem como parceiros a Kaivo Biotech, empresa de pesquisa e desenvolvimento de produtos biológicos inovadores, a FCJ Venture Builder e a junção de uma equipe com mais de vinte anos de atuação na área de P&D e indústria farmacêutica.

“Nós decidimos buscar investimentos via a plataforma da Wishe, pois planejamos que o medicamento desenvolvido por nós, esteja disponível no mercado internacional, impactando mais de 300 mil mulheres anualmente em todo o mundo”, comenta Daniela Fabbrocini, fundadora e CFO da PHP Biotech.

O câncer de mama no Brasil e no mundo

Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer) o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, representando 24,2% do total de casos em 2018, com aproximadamente 2,1 milhão de casos novos. Para o ano de 2020 foram estimados 66 mil novos casos da doença no Brasil e, a taxa de mortalidade por câncer de mama ajustada pela população mundial apresenta uma curva ascendente e representa a primeira causa de morte por câncer na população feminina brasileira, com 14,23 óbitos/100.000 mulheres em 2019.

De acordo com a instituição Oncoguia , o câncer Triplo-Negativo é um subtipo agressivo que não possui tratamento específico e pode levar a óbito entre 30% e 40% das mulheres que o desenvolvem, porém com a tecnologia desenvolvida pela PHP Biotech, por meio da molécula 3NAntC, o produto tende a ser mais eficaz, com maiores índices de cura e menores índices de efeitos adversos. A molécula foi criada por pesquisadores usando o processo de biotecnologia.

“Até chegarmos na molécula, foram investidos mais de 15 anos em pesquisa. Já realizamos testes que demonstraram eficácia contra tumores do tipo Triplo-Negativo e atualmente, nossa equipe está dedicada à fase de testes pré-clínicos”, explica Patrícia Heloise Alves Bezerra, biotecnóloga responsável pela parte técnica da PHP Biotech.

Com o intuito de solucionar o gap de gênero no ecossistema de startups, a Wishe aprimora as opções de investimento e democratiza o acesso à capital para empresas lideradas e fundadas por mulheres. “Acreditamos no potencial da PHP por alguns aspectos extremamente relevantes: o papel da mulher na ciência e uma pesquisa científica de ponta realizada no Brasil, que chamou nossa atenção. Por trás disso, há um time executivo e de gestores especializados no mercado. E também por estarmos abordando um tema global, uma vez que o tratamento poderá chegar ao mundo inteiro”, comenta Rafaela Bassetti, CEO da Wishe, sobre o investimento.

“Para a PHP Biotech essa parceria com a Wishe reforça nosso propósito, em que escrevemos um novo capítulo na história do tratamento do câncer de mama sob a força e a garra da mulher brasileira empreendedora”, reforça Fabbrocini.

Leia também:

Indústria de Bens de Consumo passa por Transformações

Vamos Superar esse Momento, mas Não voltaremos ao estado de Antes

Teve uma ideia? Que tal buscar Ajuda para Financiar?

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por Pineapplehub Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br