Procon-SP notifica Facebook: Empresa deverá explicar sobre o suposto vazamento de dados de usuários

O Procon-SP notificou o Facebook sobre a notícia de vazamento de dados dos usuários de suas bases que teriam sido compartilhados em fórum de hackers. A empresa deverá confirmar se houve o incidente e, em caso positivo, explicar os motivos que o desencadearam.

De acordo com a notícia, dados como números de telefone, nomes completos, datas de nascimento e e-mails de mais de 500 milhões de contas do Facebook foram publicados em fórum de hackers.

Na notificação o Procon-SP pede que a empresa detalhe qual a finalidade e a base legal para o tratamento de dados pessoais de cidadãos brasileiros pelo Facebook; no caso de necessidade de consentimento, explique como esse foi obtido; informe sobre as medidas adotadas para o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados, sobre a política de descarte de dados e de tempo de armazenamento.

Se confirmado o incidente, o Facebook deverá ainda esclarecer quais medidas tomou para conter o incidente e o que pretende fazer para reparar os danos decorrentes e evitar que a falha aconteça novamente.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde setembro do ano passado, disciplina as regras sobre o tratamento e armazenamento de dados pessoais e protege os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade. O Código de Defesa do Consumidor – Lei Federal 8.078/90 – dá garantias ao consumidor e prevê sanções para empresas que desrespeitem a legislação.

O Facebook tem até dia 9 de abril para responder.

Leia também:

Inteligência Artificial: Ameaça ou Oportunidade?

Autorização para transferências bancárias pelo WhatsApp inaugura nova jornada para pagamentos que poderá turbinar o Pix

Indústria de Bens de Consumo passa por Transformações

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por Imprensa Procon SP
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br