fbpx

30 empreendedores e líderes de sucesso indicam opções de leitura em tempos de pandemia

Clássicos da literatura, trabalho remoto e empreendedorismo. Conheça os livros mais lidos e queridos por empresas de tecnologia durante a quarentena

A leitura se tornou uma ferramenta potente em meio a pandemia. Segundo dados da Nielsen Brasil e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros, em fevereiro deste ano houve um crescimento de mais de 18% no volume de exemplares vendidos em comparação ao mesmo período do ano passado. Os livros digitais – audiolivros e e-books – também ganharam destaque. Ainda segundo o Sindicato, houve uma alta entre 50% a 100% na venda desses produtos.

Mas afinal, quais são as leituras que não saem da cabeceira de líderes de sucesso das principais empresas de tecnologia do país? Os famosos livros de empreendedorismo também deram lugar para os clássicos da literatura nacional e internacional, bem como conteúdos que apoiam as empresas a lidarem melhor com a gestão à distância, indo até a leituras leves e relaxantes. Conheça abaixo as principais indicações de 30 líderes:

Marcelo Martins, Diretor Diretor Executivo da ABFintechs 

  • Payments 4.0 – As forças que estão transformando o mercado brasileiro, por Edson Luis Dos Santos e Luis Filipe
  • Remote – Office Not Required, por David Heinemeier Hansson e Jason Fried
  • Fintechs de Crédito – Regulamentação Jurídica Comentada, por Daniel H. C. Alvarenga

“Todas essas leituras me ajudaram muito a aprofundar em conhecimentos relacionados às fintechs de meios de pagamento, além de apoiar na organização remota de equipe nesse ‘novo normal’, melhorando a eficiência e trabalho remoto. Esse período foi muito importante para evoluir profissionalmente e entregar o melhor”, explica o executivo.

Dilson de Sá, CEO da Acordo Certo

  • Obrigado pelo atraso – Um guia otimista para sobreviver em um mundo cada vez mais veloz, Thomas L. Friedman.   
  • Como avaliar sua vida? – Em busca do sucesso pessoal e profissional, Clayton M. Christensen
  • A estratégia do oceano azul – Como criar novos mercados e tornar a concorrência irrelevante, Renée Mauborgne e W. Chan Kim

Paulo Kulikovsky, COO da Stake

  • The innovator’s dilemma (O Dilema da Inovação), por Clayton Christensen

“Publicado originalmente em 1997, este livro continua atual, e voltou para o centro das atenções com o falecimento do autor em 2020. Ainda muito atual, o livro fala da necessidade da inovação contínua nas empresas, como companhias que são líderes em um momento podem deixar de ser caso não continuem inovando, e da dificuldade das empresas mais estabelecidas trazerem inovações disruptivas”, explica Kulikovsky. 

Tatiana Rodrigues, CMO da Ahgora Sistemas

  • 108 contos e parábolas orientais, por Monja Coen
  • Uma breve história da humanidade, Sapiens, por Yuval Noah Harari
  • Autobiografia de um Iogue, por Paramahansa Yogananda

“Meus livros favoritos para relaxar são os que posso ler pedaços, sem pressa. Então fico com uma frase, um trecho, um conto ou reflexão para digerir sem pressa ao longo do dia ou por dias”, comenta Rodrigues.

Ricardo Almeida, CEO do Clube de Autores

  • Nudes e Outros Crimes, por Mariana Betting Ferrarezi

“O Livro é um romance policial repleto de reviravoltas. Segue os passos do premiado seriado ‘Sex and The City’, sendo uma leitura leve de entretenimento. Traz um olhar feminista a dinâmica das relaçoes amorosas no século 21 e a guerra dos sexos ganha novas armas e segnificados, explica Almeida.

Rodrigo Carneiro, CEO da SMU Investimentos 

  • O Grande Projeto, por Stephen Hawking e Leonardo Mlodinow
  • O Príncipe, por Nicolau Maquiavel Maquiavel 
  • Cavernas de Aço, por Isaac Azimov

“Livros como o do Azimov,  tem uma grande correlação com o universo das startups, porque exploram um cenário futurista de ficção científica, inclusive o clássico ‘Eu, Robô’ é baseado em um livro do mesmo autor de 1950. Ou seja, estamos falando de um escritor que já pensava em tecnologias do futuro e que acertou em algumas previsões, como o avanço da Inteligência Artificial, por exemplo”, explica o executivo.

Fabio Zausner, CEO da Tudu

  •  Satisfação Garantida – Neste livro, o autor mostra como mudou seus negócios apostando em uma nova cultura corporativa como prioridade, defendendo que o atendimento ao consumidor é de responsabilidade de toda a empresa e não apenas de um departamento. 

Mariana Gutheil, CEO da No One

  • A árvore do conhecimento – As bases biológicas da compreensão humana, por Humberto Maturana e Francisco Varela – Uma obra linda onde estes dois brilhantes cientistas traçam olhares desde a biologia até a filosofia, passando pela pedagogia, psicologia, comunicação, e nos fazem repensar sobre como aprendemos, como evoluímos, e sobre como fazemos sentido do mundo ao nosso redor.  E, principalmente, de com toda experiência de certeza é um fenômeno individual.
  • A coragem de ser você mesmo, por Brené Brown – Em inglês “Braving the Wilderness” (ou “Enfrentando o desconhecido”), Brené provoca e questiona o conceito de “pertencimento” nesse mundo cada vez mais polarizado e de bolhas de opinião cada vez mais demarcadas, e nos ajuda a entender emoções e navegar opiniões com honestidade.
  • O Universo em Um Átomo, por Dalai Lama – Um livro que também fala sobre construção de sentido e de “saber”, sobre as intersecções e contrastes da espiritualidade e do pensar científico ociental. Um livro cheio de insights e de uma humildade impressionante numa história de busca pela “verdade”. Lindo e inspirador.

Maurício Villar, COO e co-fundador da Tembici

  • Sapiens – Uma breve história da humanidade, por Yuval Harari 

“Uma leitura muito leve, justamente porque nos faz refletir muito sobre os seres humanos, da onde viemos e porque agimos de alguma forma em certas situações. Mas neste momento de tanta reflexão e mudança de hábitos por conta da pandemia, considero uma leitura muito rica para a vivência em sociedade”, avalia o executivo.

  • “Trillion Dollar Coach: The Leadership Playbook of Silicon Valley’s, por Eric Schmidt, Jonathan Rosenberg e Alan Eagl

“Foi escrito com base em entrevistas com 80 pessoas que foram impactadas por Bill Campbell, coach de vários profissionais do Google e Apple”, explica Villar.

Brenno Faro, CEO da Fashion Masks 

  • O Lado Difícil das Situações Difíceis, por Ben Horowitz. 
  • Shoe Dog, por Phil Knight

“O livro de Ben Horowitz fala bastante das decisões quando se é empreendedor, considero uma leitura obrigatória. “Shoe Dog”, é uma das melhores biografias já escritas, gosto tanto que estou lendo pela segunda vez”, afirma o CEO. 

Leonardo Ladeira, CEO do Portal de Compras Públicas

  • Abundância: O futuro é melhor do que você imagina, por Peter Diamandis e Steven Kotler

“O livro fala basicamente de como as tecnologias de crescimento exponencial tem permitido/vão permitir que a humanidade elimine o gigantesco gap entre aqueles desprovidos do mínimo necessário e aqueles para quem nada falta. E isso apontando casos reais em andamento e com modelos e gráficos que demonstram seu raciocínio. Um verdadeiro antídoto para o pessimismo”, reflete o executivo.

Daniel Cukier, CTO do Pravaler

  • A menina da montanha, por Tara Westover. Foi o livro que mais mexeu comigo no último ano. A história é de superação e tem tudo a ver com educação, o tema que virou parte da minha vida desde que entrei no Pravaler. Em particular, esse livro mostra muito como é enfrentar todo e qualquer obstáculo, até o limite, para conseguir estudar e mudar sua vida. Lindo!
  • Toda poesia, por Paulo Leminski. Foi um dos livros de poesias mais vendidos no Brasil e é um dos meus poetas favoritos. Esse livro é a obra completa do autor, quase meu livro de cabeceira, não canso de reler. Aborda a poesia como aventura para a inteligência e a sensibilidade. 
  • 100 dias entre o céu e o mar, por Amyr Klink.  Este livro tem tudo que eu gosto: uma aventura, uma história de vida, conexão com a natureza, exemplo de superação, exemplo de resiliência, planejamento, estudo, espiritualidade, maestria e muita poesia.

Fernanda Cordeiro, Gerente Administrativo e Financeiro do Grupo Nexxees

  • Rápido e Devagar – duas formas de pensar por de Daniel Kahneman (Prêmio Nobel de Economia) 

“O livro trata sobre economia comportamental. Ajuda a entender como você toma decisões, o que te influencia e o que te atrapalha. As duas formas de pensar: uma rápida, intuitiva e emocional; a outra, mais lenta, deliberativa e lógica. O vieses comportamentais, as heurísticas que fazem as pessoas concluírem verdades que podem simplesmente não existir”, explica Cordeiro.

O autor nos leva a uma viagem pela mente humana e explica as duas formas de pensar: uma é rápida, intuitiva e emocional; a outra, mais lenta, deliberativa e lógica. Kahneman expõe as capacidades extraordinárias – e também os defeitos e vícios – do pensamento rápido e revela a influência das impressões intuitivas nas nossas decisões. Comportamentos tais como a aversão à perda, o excesso de confiança no momento de escolhas estratégicas, a dificuldade de prever o que vai nos fazer felizes no futuro e os desafios de identificar corretamente os riscos no trabalho e em casa só podem ser compreendidos se soubermos como as duas formas de pensar moldam nossos julgamentos.

Rodrigo Schiavini, CEO e diretor de negócios da SmartHint

  • O Poder do Agora – Um guia para a iluminação espiritual, por Eckhart Tolle

“O livro aponta que passamos a maior parte de nossas vidas pensando no passado e fazendo planos para o futuro. Ignoramos ou negamos o presente e adiamos nossas conquistas para algum dia distante, quando conseguiremos tudo o que desejamos e seremos felizes. Mas, se queremos realmente mudar nossas vidas, precisamos começar neste momento. Viver no agora é o melhor caminho para a felicidade e iluminação. Combinando conceitos do cristianismo, do budismo, do hinduísmo, do taoísmo e de outras tradições espirituais, o autor elaborou um guia para a descoberta do nosso potencial interior”, avalia o executivo.

Ciro Aliperti Neto, gestor e sócio-fundador da SFA InvestimentosO especialista no mercado de investimentos Ciro Aliperti está sempre por dentro dos best sellers americanos. Entre suas leituras imperdíveis, estão:

  • Post Corona – From Crisis to Opportunity, por Scott Galloway
  • When Genius Failed – The Rise and Fall of Long-Term Capital Management, por Roger Lowenstein
  • The Ride of a Lifetime, por Robert Iger

Juliano Cornacchia, CEO e cofundador da Vórtx

  • Meu Everest, por Luciano Pires

“A leitura é um complemento muito importante do nosso aprendizado, como pessoa e profissional, por isso esse é  um dos meus livros preferidos. Ele conta a história de um sujeito comum que resolveu fazer algo extraordinário e vem na linha de questionar quando foi a última vez que fizemos algo pela primeira vez, destacando a trajetória de um executivo que decide escalar o Everest. O livro é inspirador e uma lição sobre escolhas nas nossas vidas”, explica o executivo. 

Renata Zobaran, Médica e Diretora de Saúde da TopMed

  • A Coragem para Liderar, por Brene Brown: O livro aborda sobre a verdadeira liderança que não tem a ver com cargos, status ou poder. Um líder é qualquer pessoa que se responsabiliza por reconhecer o potencial nas pessoas e em suas ideias. 
  • A Coragem de Ser Imperfeito, por Brene Brown: Para a autora, a vulnerabilidade não é uma medida de fraqueza, mas a melhor definição de coragem.Quando fugimos de emoções como medo, mágoa e decepção, também nos fechamos para o amor, a aceitação e a criatividade. 
  • Medicina do Amanhã, por Pedro Schestatsky: A obra aborda o futuro da medicina e como a inteligência artificial influencia o setor da saúde. As reflexões propostas pelo autor buscam desconstruir crenças e pré-conceitos a respeito da área. 

Rafaella Miranda – Sócia e Assessora da RIVA Investimentos

  • A Revolta de Atlas, por Ayn Rand.

Uma obra marcante que requer reflexões filosóficas. Inspirador para quem gosta de trabalhar, de criar e acredita em seu esforço como forma de conquistar aquilo que se quer. Abordagem para empreendedores alcançarem o sucesso e para demonstrar o poder das ideias e inovação.

  • A lógica do Cisne Negro, por Nassim Nicholas Talebaborda.

O livro aborda a aleatoriedade de eventos, denomina acontecimentos improváveis como Cisnes Negros e destaca que deveríamos aprender a gerenciar a incerteza. Acreditava-se que o fato de ninguém ter visto um cisne que não fosse branco validaria empiricamente a ideia de que não existiam cisnes de outra cor. O autor trata os Cisnes Negro como situações que transformam o destino do mundo de forma positiva e negativa, seja na economia, na política ou em qualquer área. Como, por exemplo, a crise do Subprime em 2008, o sucesso de empresas específicas e a atual crise do COVID-19.

Tiago Serrano, CEO e cofundador da SoluCX

  • Outside in, por Harley Manning and Kerry Bodine
  • SPIN Selling, por Neil Rackham
  • Winning by design, por Jacco Van der Kooiji
  • The Ultimate Question, por Fred Reichheld
  • Mapping Experiences, por Jim Kalbach
  • Hard Thing About Hard Things, por Ben Horowitz
  • Experiência do Cliente – Na teoria e muita prática, por Comunidade Amigos do CX

Seja para relaxar ou aprender algo novo, acredito bastante no poder de transformação dos livros e, sempre que termino um, escrevo resenhas sobre ele para fixar o conteúdo e poder compartilhar com as pessoas próximas. Como empreendedor de uma empresa focada em Experiência do Cliente, vejo que a leitura me ajuda a compreender novas formas de pensar não apenas o mercado, mas também o comportamento do consumidor e como o relacionamento entre eles pode contribuir para uma dinâmica mais humanizada entre as empresas e os seus clientes. 

Paulo Henrique – CEO e fundador da Cobre Fácil

  • O lado difícil das situações difíceis, por Ben Horowitz

No livro, um dos empreendedores mais respeitados e experientes do Vale do Silício, conta a história de como ele mesmo fundou, dirigiu, vendeu, comprou, geriu e investiu em empresas de tecnologia, oferecendo conselhos essenciais e normas de sabedoria prática para ajudar os empreendedores a resolver os problemas mais difíceis – aqueles de que as faculdades de administração não tratam. Seu blog alcançou um público dedicado de milhões de leitores, que passaram a confiar no autor para ajudá-los a gerir suas próprias empresas. Horowitz, grande fã de rap, ilustra as lições empresariais com letras de suas músicas favoritas e fala a verdade nua e crua sobre os assuntos mais espinhosos, desde como demitir um amigo até saber o melhor momento para vender a empresa.

Roberta Perdomo, Cofundadora da Gestaum Lab 

  • O cavaleiro preso na armadura – Uma fábula para quem busca a Trilha da Verdade, por Robert Fisher

Um conto cativante que traz muita sabedoria de vida ao estilo de Fernão Capelo Gaivota e O pequeno príncipe. O cavaleiro que protagoniza esta fábula vive em busca do seu verdadeiro eu, mas não encontra as verdades que procura por estar sempre preso em sua armadura pronto para guerrear. A história funciona como uma orientação para adultos e jovens que acabam se distanciando dos amigos e da família, seja por estabelecerem outras prioridades, ou simplesmente por não saberem como demonstrar carinho.

Isaac Paes,  CEO e fundador do OiMenu 

  • As coisas que você só vê quando desacelera, por Haemin Sunim

Escrito pelo mestre zen-budista sul-coreano Haemin Sunim, “As coisas que você só vê quando desacelera” é um desses raros e tão necessários livros para quem deseja tranquilizar os pensamentos e cultivar a calma e a autocompaixão.

Ilustrado com extrema delicadeza, ele nos ajuda a entender nossos relacionamentos, nosso trabalho, nossas aspirações e nossa espiritualidade sob um novo prisma, revelando como a prática da atenção plena pode transformar nosso modo de ser e de lidar com tudo o que fazemos.

Você vai descobrir que a forma como percebemos o mundo é um reflexo do que se passa em nossa mente. Quando nossa mente está alegre e compassiva, o mundo também está. Quando ela está repleta de pensamentos negativos, o mundo parece sombrio. E quando nossa mente descansa, o mundo faz o mesmo.

Jamal, Cofundador da Coalize

  • O Silmarillion, por George R.R. Martin

O livro é o relato dos Dias Antigos da Primeira Era do mundo criado por J.R.R. Tolkien. É a história longínqua para a qual os personagens de O Senhor dos Anéis e O Hobbit olham para trás, e em cujos eventos alguns deles, como Elrond e Galadriel, tomaram parte. Os contos de O Silmarillion se passam na época em que Morgoth, o Primeiro Senhor Sombrio, habitava a Terra-média, e os Altos-Elfos guerreavam contra ele pela recuperação das Silmarils, as joias que continham a pura luz de Valinor. 

Eduardo Castro, diretor de operações da IOUU

  • Na Raça, por Guilherme Benchimol. Uma aula de essencialismo e coragem.
  • O Lado difícil das situações difíceis, por Ben Horowitz. Um choque de realidade para quem quer empreender.
  • A Regra é não ter regras, por Erin Meyer. Um livro essencial sobre a cultura corporativa moderna.

Marcelo Loureiro, co-fundador da Dolado: 

  • 48 Laws of Power, por Robert Greene – Poderes necessários para alcançar seus objetivos.
  • Screw it Lets Do It, por Richard Branson – Como atingir o sucesso e conquistar uma mente milionária 
  • Trust me, I’m Lying, por Ryan Holliday – Um livro sobre estratégia de mídia

Patrícia Carvalho, Diretora de Experiência do Candidato e Marketing na Revelo

  • Aprender a descansar, de Fernando Sarráis. Um livro para ler na rede ou no sofá assistindo o pôr do sol da janela de casa. É uma leitura leve, ritmada e acolhedora.

Gilberto Lopes, CEO da MyHelpper

  • Eu sou as escolhas que faço, por Elle Luna, um livro sobre “como resolver o dilema entre o que o mundo espera de você e o que você quer do mundo”.

Rui Brandão, CEO do Zenklub

  • A Regra é Não Ter Regras: A Netflix e a Cultura da Reinvenção – Reed Hasting, CEO da Netflix

“Todos já ouvimos falar da cultura única que a Netflix tem, desde que o seu culture deck foi publicado em 2009. Com o livro “A regra é não ter regras”, Reed Hastings nos conta de forma muito prática os pilares culturais da Netflix e como implementá-los. A lição mais valiosa para mim é a clareza com que apresenta a diferença entre liderar por controle ou por contexto. Apesar de liderança por contexto ser bem mais difícil, ela dá muito mais liberdade aos funcionários. Você fornece toda a informação possível, de modo que os membros de sua equipe tomem grandes decisões, sem supervisão ou controle de suas ações. Livro imperdível para quem atua no segmento de tecnologia, criativo ou de inovação”, destaca Brandão.

Bruno Poljokan, CRO da Kovi

  • The fountainhead, por Ayn Rand
  • Radical Candor, por Kim Scott
  • The Ride of a Lifetime, por Robert Iger

Leia também:

Brian Requarth lança um olhar estrangeiro para o mercado em ascensão das startups no Brasil

Digitalização é palavra-chave para Empresas durante Pandemia

O que esperar dos Sistemas Financeiros durante e após o coronavírus?

Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por VCRP COMUNICAÇÃO
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br