Diageo estimula bares e restaurantes a ocuparem ambientes externos com incentivo para construção de parklets e kits bistrô

Iniciativa tem como objetivo apoiar a retomada do setor com a ampliação da capacidade de atendimento de forma segura e sustentável. Espaços abertos e bem ventilados são mais saudáveis e tornam-se uma tendência

A Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium e proprietária da marca Ypióca, anuncia a segunda fase do Movimento Pró-Bar, fundo global cujo objetivo é apoiar a retomada do setor de bares e restaurantes no cenário adverso da pandemia. A iniciativa consiste em oferecer para os estabelecimentos a possibilidade de terem parklets e kits bistrô para a ocupação de espaços externos, ampliando a capacidade de atendimento com segurança.

Imagens ilustrativas. Modelo proposto condicionado à aprovação da Prefeitura de São Paulo



A ideia vem sendo adotada em cidades europeias no processo de reabertura. Áreas destinadas a vagas de automóveis e calçadas passam a ser ocupadas por mesas, cadeiras e bancos, com uma disposição que garanta o distanciamento entre as pessoas. Estudos de organismos internacionais indicam que ambientes abertos e bem ventilados são mais saudáveis e reduzem significativamente os riscos de disseminação de vírus e bactérias, inclusive da Covid-19, segundo análises do MIT e da Universidade de Oxford publicadas no British Medical Journal .

Esta segunda etapa do Movimento Pró-Bar será realizada em São Paulo e não exige nenhuma contrapartida comercial ou um relacionamento anterior com a companhia. “Queremos ajudar os bares e restaurantes fomentando novas alternativas para que possam operar de forma sustentável, tanto do ponto de vista sanitário quanto financeiro. Este setor emprega milhões de pessoas e está lutando bravamente para sobreviver ao período de pandemia”, afirma Daniela de Fiori, diretora de Relações Corporativas da Diageo PUB (Paraguai, Uruguai e Brasil).

Os interessados devem se inscrever no site https://www.DiageoBarAcademy.com e verificar quais são as condições necessárias para receber o apoio. Os kits bistrô para ambientes externos

estão disponíveis para 300 estabelecimentos em todo o Estado de São Paulo e compreendem mesa bistrô, banquetas, banco de madeira e kit higiene composto por caixa de máscara e unidades de álcool em gel de 500 ml. Já os parklets vão beneficiar 30 bares e restaurantes da capital, onde a legislação municipal já estabeleceu diretrizes para ocupação de vias públicas, inclusive com a definição de 89 ruas aptas para receber um parklet. Consulte o regulamento do Projeto Ruas SP no site da prefeitura.

O incentivo da Diageo para os parklets (condicionado à aprovação da prefeitura) inclui toda a estrutura: mesas, cadeiras, bistrôs, banquetas, ombrelones, aquecedores, placas de acrílico, vegetação decorativa e totens de álcool em gel, além de apoio na solicitação de aprovação do projeto com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento da capital.

“Os recursos fazem parte de um fundo de R﹩ 15 milhões criado pela Diageo em junho de 2020 para o lançamento do Movimento Pró-Bar. Parte deste investimento já foi aplicado na primeira fase, quando apoiamos mais de 400 estabelecimentos de quatro estados do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Ceará”, explica Daniela.

Entre os critérios para uma casa ser contemplada com o benefício nesta segunda fase, estão: apresentar alvará de funcionamento; estar operando desde antes de março de 2019, ou seja, um período de 12 meses anterior ao início da pandemia; tornar-se embaixador do Manifesto do #BarResponsável. No caso dos parklets, há ainda os requisitos estabelecidos pela prefeitura de São Paulo. Cumprindo esses critérios, as casas serão contempladas por ordem de inscrição.

Manifesto #BarResponsável

Bares e restaurantes que aderirem à iniciativa passarão a ser embaixadores do Manifesto #BarResponsavel assumindo compromissos de colocar em prática protocolos de higiene e distanciamento social, de promover a responsabilidade e a moderação no consumo de bebidas alcoólicas, incentivar a diversidade e a inclusão e combater o assédio dentro de seus ambientes. “O objetivo do Manifesto #BarResponsável é defender melhores práticas para ressurgirmos melhores, mais fortes e mais atentos às transformações que ocorrem ao nosso redor. Esses compromissos vão muito além de tentar remediar os impactos da pandemia do novo coronavírus. Trata-se de um comprometimento de longo prazo para reforçar o papel social de bares e restaurantes, como pontos de encontro da comunidade, espaços capazes de influenciar positivamente o comportamento dos consumidores”, completa Daniela.

Leia também:

Indústria de Bens de Consumo passa por Transformações

Digitalização é palavra-chave para Empresas durante Pandemia

Vida a.c. e d.c.: Antes e Depois do Coronavírus

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Analítica Comunicação 
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br