Quais as vantagens das empresas representadas por millenials e pela geração Z?

Cada vez mais é possível observar o rejuvenescimento do mercado de trabalho em todos os setores do país. Com essa mudança, as relações corporativas já não ocorrem mais de maneira tradicional e têm sido transformadas com a implementação de novas tecnologias, gestões mais humanitárias e mentalidades diferentes.

Um bom exemplo desse novo cenário é a grande quantidade de startups surgindo no mercado, que aparecem lideradas principalmente pelos millennials, e que não se contentam mais com um salário na média para se manter em um trabalho como a geração passada.

As empresas lideradas por millennials costumam ter uma evolução mais acelerada. E isso pode ser atribuído principalmente à característica inconformista dessa geração e sua familiaridade com a tecnologia. Além disso, a procura por propósito no que fazem, a oferta de um ambiente de trabalho muito mais inspirador – que proporciona oportunidades igualitárias -, com pouca ou nenhuma estrutura hierárquica engessada, são alguns dos aspectos proporcionados pelos millenials e que contrastam fortemente com o ambiente corporativo ao qual a geração passada estava acostumada.

Junto aos millennials, a nova geração Z, vêm ganhando espaço e sendo contratados para somarem forças e transformarem as corporações em um lugar diferenciado.

Porém, o potencial de transformação que as novas gerações proporcionam não se limita apenas ao mercado de trabalho e ao ambiente interno das empresas que os empregam. Qualquer um que vier a utilizar as soluções vendidas por millenials e geração Z se beneficiam das vantagens inovadoras que acabam com velhos problemas com os quais tínhamos aprendido a conviver. É o caso da revolução bancária que o Nubank proporcionou ao mercado de pessoas físicas, e da revolução financeira que a fintech VExpenses vem proporcionando ao mercado corporativo.

Para explicar os benefícios dessas mudanças, Thiago Campaz, CEO do VExpenses, plataforma que automatiza a gestão de despesas e prestação de contas de funcionários, deu alguns exemplos. Confira:

Implementação de novas ferramentas

Os colaboradores dessa faixa etária estão totalmente ligados com a tecnologia e sua evolução. Por conta disso, ao implementar novas ferramentas no dia a dia do trabalho, raramente apresentarão dificuldades em manusear e aprender.

Vale comentar que a característica multitarefas faz com que busquem diariamente desafios na rotina de trabalho.

Melhora na comunicação interna

Por apresentarem perfil comunicativo, os diálogos são sempre muito bem desenvolvidos. Isso faz com que a comunicação interna da empresa seja de fácil entendimento e passe por todos.

É importante ainda que todos estejam sempre muito bem alinhados e compreendam o propósito da empresa.

Aumento de inovações na empresa

O grande número de informações e novidades que essas gerações têm acesso devido à sua alta conectividade, os torna colaboradores criativos e entusiasmados em aplicar inovações diariamente.

Sempre haverá novas propostas e pontos de melhoria. Em função de tudo isso, eles conseguem acumular muito conhecimento rico, aplicável na proposta de soluções mais rápidas e simples.

Leia também:

Digitalização é palavra-chave para Empresas durante Pandemia

Teve uma ideia? Que tal buscar Ajuda para Financiar?

Um olhar atento para a Computação Quântica


Este conteúdo de divulgação foi fornecido
Por Piar Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br