Gerdau investe em startup para a construção de casas pré-fabricadas inteligentes e sustentáveis

Por meio de sua Corporate Venture Capital localizada nos Estados Unidos, produtora de aço reforça sua estratégia de contribuir com o desenvolvimento do setor da construção

A Gerdau, por meio da Paris Ventures, sua Corporate Venture Capital (CVC), co-liderou a rodada que captou US$ 30 milhões para a Plant Prefab, startup com sede no estado da Califórnia, Estados Unidos, que atua na construção de casas pré-fabricadas com projetos, materiais e operações sustentáveis. O fundo da empresa brasileira capitaneou o investimento, que contou ainda com nomes como Asahi Kasei, Amazon Alexa Fund e Obvious Ventures.

Com este financiamento, a Plant Prefab anuncia a abertura de sua segunda fábrica em Ontário, Califórnia, e a construção de uma terceira fábrica, prevista para ser inaugurada em 2022. O investimento também consolida o Plant Building System, que combina engenharia avançada aos painéis e módulos pré-fabricados e permite construções até 50% mais rápidas, com até 30% menos resíduo e até 25% mais baratas que obras tradicionais. A companhia cresceu mais de 175% nos últimos 12 meses e, diferente de outras construtoras de pré-fabricados, investe em soluções customizadas e sustentáveis.

A Paris Ventures faz parte da Gerdau Next, braço de novos negócios da produtora de aço que tem a missão de diversificar globalmente o portfólio por meio da criação e incorporação de novas empresas em seis segmentos estratégicos, incluindo negócios que venham a aumentar a produtividade do setor da construção. A CVC, criada em 2020 com um fundo estimado de US$ 80 milhões, investe com participações minoritárias em empreendimentos para suportar fundadores a desenvolver e escalar seus negócios.

“Estamos muito felizes em anunciar a parceria com a Plant Prefab, uma iniciativa que faz parte das estratégias de diversificação de negócios da Gerdau e do seu compromisso com a construção de um futuro cada vez mais sustentável. A companhia constrói casas sustentáveis e extremamente eficientes por meio de processo único e tecnologicamente avançado. Além disso, é uma Certified B Corporation, e entrega para seus clientes seu compromisso com o planeta, o que nos deixa ainda mais orgulhosos de termos liderado este investimento”, afirma Rafael de Castro, diretor da Gerdau Next para a América do Norte.

A Gerdau acredita firmemente no crescimento do mercado de casas pré-fabricadas sustentáveis nos próximos anos. No Brasil, por exemplo, investiu na empresa de construção modular off-site Brasil ao Cubo, que finalizou 2020 com R$ 200 milhões em vendas. Também tem outras posições no segmento de construtechs, como os fundos focados em tecnologia da construção e eficiência para a vida urbana Terracota Ventures e Urban US. A presença da companhia nesse ecossistema permite que siga contribuindo com a modernização do setor da construção globalmente.

“Esse investimento nos permite integrar completamente nossas plataformas de engenharia com nosso processo de produção, utilizando nossos sistemas de modelagem de informação da construção (BIM) para impulsionar o maquinário, controles de qualidade avançados da fábrica e rastreamento da produção. É um grande passo para o setor de construção civil customizada, fazendo com que a construção de edificações saudáveis e com belo design seja muito mais rápida, fácil e sustentável”, afirma Steve Glenn, fundador e CEO da Plant Prefab. “Estamos honrados com essa parceria com a Gerdau, uma das maiores produtoras de aço do mundo, e estamos gratos por todos os nossos atuais investidores institucionais, incluindo Amazon Alexa Fund, Obvious Ventures e outros, terem participado da rodada, exercendo seus direitos super pro rata”.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por bcw-global
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br