fbpx

Ambev se une a empresas globais para Pitch Day da Aceleradora 100+

Neste ano, companhia receberá o apoio de DSM, Google, Natura, Pepsico e Unilever na avaliação das soluções de impacto propostas pelas startups inscritas no seu programa de aceleração

A Aceleradora 100+, da Ambev, entra em uma das etapas mais aguardadas pelas startups participantes do processo seletivo: o Pitch Day, agendado para os dias 26 e 27 de agosto. Nesta terceira edição, o dia do pitch – quando as startups inscritas no processo de seleção, que avançaram até esta fase, apresentam suas empresas para os executivos da Ambev e da Parceiros Pela Amazônia (PPA)- ganha o apoio de empresas globais de peso: Google, Natura, Pepsico e Unilever. A DSM volta neste ano para repetir a parceria de sucesso da edição passada, quando executivos da empresa participaram do Demo Day. Junto com Ambev, as empresas analisarão os negócios pré-selecionados e selecionarão até 20 soluções inovadoras para desafios sociais e ambientais.



Após esta fase, terá início a etapa de intensive learning, momento em que as startups selecionadas terão contato com executivos da Ambev, especialistas de mercado e fundos de investimento. Elas receberão suporte individual para apresentarem uma proposta de implementação de piloto para a Ambev. A banca selecionará algumas das soluções para receberem o suporte de executivos e do time do Quintessa, aceleradora de impacto referência no Brasil e parceira do programa, ao longo da implementação do piloto.

“Trabalhamos para que todo o nosso ecossistema se desenvolva e busque soluções disruptivas para desafios socioambientais. No caminho de crescimento compartilhado, a Aceleradora 100+ resume genuinamente esta intenção. São diversos os benefícios para as startups participantes, como possibilidade de realizar um projeto piloto com a Ambev, internacionalização, por meio do Global 100+ Accelerator, que é a versão internacional do programa, além da possibilidade de virar fornecedor, investimentos, visibilidade e conexão com o ecossistema.”, afirma Carolina Pecorari, diretora de sustentabilidade da Ambev.

Parcerias de peso
O Pitch Day vai ser aberto no Brasil para as empresas convidadas da Ambev – DSM, Google, Natura, Pepsico e Unilever. Esse movimento possibilita ampliar novas oportunidades de desenvolvimento de pilotos e escalabilidade para o negócio em diversos setores, indo ao encontro de soluções conjuntas e profundas.

“Para nós não há inovação sem colaboração e parcerias estratégicas, e um fato é que boa parte das grandes inovações vistas em todos os segmentos são originadas de startups. Por isso que estamos apoiando novamente o Pitch Day, pois globalmente contamos com as startups para nos auxiliar a desenvolver tecnologias e modelos de negócios inovadores para resolver os maiores problemas do mundo”, comenta Mauricio Adade, presidente da DSM América Latina.

“No Google, construímos tecnologias para ajudar todas as pessoas a construir um mundo mais sustentável. Ficamos orgulhosos em apoiar iniciativas como o Pitch Day, da Aceleradora 100+, que estimulam o debate e a busca de soluções nessa área.” – André Ferraz – Head of Food and Beverages Industry.

“Na Natura, seguimos um plano ambicioso de sustentabilidade, que batizamos de Compromisso com a Vida. Para alcançarmos o planejado será indispensável apostar em inovação de ponta com parceiros estratégicos”, explica Denise Hills, diretora global de sustentabilidade da Natura. “Buscamos desenvolver um modelo de negócios que atenda desafios globais urgentes, como a emergência climática e a proteção da Amazônia; a defesa dos direitos humanos, além da incorporação da circularidade e da regeneração como premissas para nossa inovação e parceria com fornecedores”, pontua Hills.

“Como uma das maiores empresas de alimentos e bebidas do mundo, temos o compromisso de gerar um impacto positivo em tudo o que fazemos, cuidando do planeta e das comunidades onde operamos por essa e pelas próximas gerações. Neste sentido, estamos muito orgulhosos em participar do Pitch Day do programa de aceleração da AMBEV e poder conhecer ideias inovadoras que compactuam com nosso propósito de fomentar o crescimento e a prosperidade do Brasil. Juntos somos mais fortes!” afirma Santiago Murray, Diretor Geral de Bebidas da PepsiCo Brasil.

“A Unilever tem a inovação e a sustentabilidade em seu DNA. Por isso, parcerias e programas como o Aceleradora 100+ dão mais velocidade à busca de soluções para nossos desafios – desde ferramentas para aprimorar nossas embalagens, até repensarmos ações de combate às mudanças climáticas. Para atendermos a essa complexidade de temas e desafios, acreditamos que a aliança e cocriação entre startups, consumidores, empresas e outros atores sociais seja fundamental para vislumbrarmos um futuro melhor.”

Soluções aos desafios ambientais mundiais
Desde 2018, quando foi criado, o programa Aceleradora 100+ já acelerou 39 startups em suas duas primeiras turmas e a Ambev investiu mais de R$12 milhões em negócios parceiros que, com seus projetos, oferecem soluções aos diferentes desafios socioambientais da atualidade.

O programa de aceleração integra uma iniciativa global da Ambev e conta com apoio institucional do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) alinhados aos seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Nesta terceira edição, Ambev, Quintessa e Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) buscam soluções para seis desafios. São eles:

Gestão da água: Monitoramento e análise de água; conservação e administração de bacias hidrográficas; e/ou tratamento e redução do consumo de água em manufatura e supply chain.
Agricultura sustentável: Treinamento, engajamento e suporte a produtores e fazendeiros; qualidade e produtividade da colheita; e/ou outras inovações relacionadas à agricultura.
Mudança climática: Consumo e monitoramento de energia; soluções alternativas e renováveis para o setor energético; redução, captura e remoção de emissões de CO2; análises financeiras e de gestão para mudanças climáticas; e/ou Logística Verde.
Embalagem circular: Reciclagem, reutilização e devolução; materiais alternativos e inovações para embalagens; e/ou rastreabilidade e logística reversa de embalagens.
Ecossistema Empreendedor: Valorização de produtos gerados no processo de produção da cerveja; rastreabilidade da cadeia produtiva/fornecimento responsável; incentivo a cadeias produtivas locais/regionais; e/ou diversidade e inclusão na cadeia produtiva.
Conservação da biodiversidade na Amazônia: Bioeconomia; sistemas regenerativos/restaurativos; e/ou cadeias de fornecimento sustentáveis.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Loures
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br