Hurb traz levantamento de viagens em 2021 e aponta as tendências para 2022 e 2023

O avanço da vacinação após quase dois anos de pandemia fez com que os viajantes priorizassem em 2021 destinos nacionais, como Maceió, Porto de Galinhas e Maragogi;

Os dois últimos anos mudaram drasticamente a realidade da indústria de viagens e turismo. O setor que vinha há anos em constante evolução sentiu a grande transformação do negócio em 2020, quando a pandemia explodiu. Pensando nisso, o Hurb fez um levantamento interno para analisar os principais comportamentos dos viajantes, identificando como, a partir deles, podemos levantar as novas tendências para o segmento em relação ao comportamento de compra, consumo e hábitos dos brasileiros que começam aos poucos a retomar as viagens. Embora os modismos possam ir e vir, algumas tendências de turismo indicam a direção da indústria como um todo, e identificar e abraçar essas tendências é vital para permanecer relevante no futuro.

De acordo com o relatório produzido em dezembro de 2021, os destinos nacionais mais vendidos em faturamento são: Maceió (5%), seguido de Porto de Galinhas (5%), Maragogi (5%), Recife (4%), Natal (4%), Porto seguro (3%), Beto Carrero (3%), Gramado (3%), João Pessoa (2%) e Fernando de Noronha (2%).

Entre os destino internacionais, Cancún permanece no topo da lista com 11% no total de faturamento, Orlando aparece em segundo lugar (8%), seguido de Punta Cana (7%), Paris (4%), Roma (3%), Egito (3%), Playa Del Carmen (2%), Atenas e Santorini (2%), Pacote Toscana (Florença + Pisa + Siena + Pienza) (2%) e Lisboa (2%). “Com as restrições de viagens e requisitos de quarentena em vigor em certos países, junto com a ansiedade mais generalizada em torno das viagens internacionais, os viajantes estão em busca de destinos com praias e/ou que incluem pacotes variados voltados para a natureza e ao ar livre”, comenta Ionã Oliveira, head de Performance e Design no Hurb.

O relatório aponta, mesmo num ano pandêmico, que mais de 300 mil pessoas viajaram em 2021. A grande maioria optou por destinos nacionais (90%), enquanto aproximadamente 10% viajaram para fora do país. “Com o avanço no processo de imunização contra a covid-19 no mundo e após quase dois anos de pandemia, tem despertado a vontade de muitas pessoas em voltar a viajar. Entre as tendências para os próximos anos, estão o ecoturismo e destinos que proporcionam a melhor experiência aos viajantes”, diz Ionã.

Destinos mais procurados para viajar em 2022 e 2023

De acordo com o Hurb, que levantou as novas tendências no horizonte para os próximos anos, os destinos mais comprados para o ano de 2022 são Orlando, que aparece no topo da lista, seguido por Maceió, Recife, Cancún e Gramado. Para 2023, Orlando continua como queridinho para curtir as férias, seguido de Recife, Maceió, Punta Cana e Cancún. “Orlando é o destino mais procurado nos próximos dois anos. Com uma infinidade de atividades e um grande parque a céu aberto, temático, aquático, centenas de hotéis, museus e lojas, a Disney é um destino muito desejado pelos brasileiros e uma viagem para lá é o sonho de muita gente”, comenta o gerente.

Quanto aos pacotes mais procurados, estão: ingressos para parques temáticos na Disney, ingressos de translado ida e volta de Catamarã para Isla Mujeres, em Playa Del Carmen, e ingressos para o show no Coco Bongo, em Cancún. “Em 2022, com menos restrições em vigor, muitas pessoas buscarão reverter os efeitos dos últimos dois anos em suas mentes e corpos. Por isso, acreditamos que os viajantes vão optar por pacotes e programas que visam reduzir o estresse, recarregar o corpo e restaurar a vitalidade e energia.

Para 2022, especialistas dizem que a expectativa de vendas por pessoa será de 330 mil a 600 mil pacotes, no entanto esse número pode mudar dependendo da abertura dos destinos ainda afetados pela pandemia, das confirmações de formulário dos viajantes e da estratégia do Hurb para 2022. “Para os próximos anos, existe uma grande demanda do turismo incluindo destinos nacionais e internacionais com os mais variados pacotes. Entendemos que as viagens trazem aos brasileiros uma sensação de alívio, de relaxamento e até de prazer. Porém, todo cuidado é pouco e antes de embarcar rumo a um novo destino, orientamos os turistas a manter as medidas sanitárias durante todo trajeto da sua viagem”, ressalta Ionã.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por FSB Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br