Brasil tem superávit comercial de US$ 61 bi em 2021

Resultado da balança comercial do ano passado foi 21,1% superior quando comparado a 2019;

A balança comercial brasileira fechou o ano de 2021 com superávit de US$ 61 bilhões (o maior da série histórica iniciada em 1997). O valor representa um crescimento de 21,1% em relação ao ano de 2020 e superou o recorde de US$ 56 bilhões de 2017. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia.

O saldo positivo da balança comercial brasileira em 2021 é resultado de US$ 280,4 bilhões em exportações e US$ 219,4 bilhões em importações. A exportação em 2021 cresceu 34% na comparação com 2020, enquanto a importação cresceu 38,2%. A corrente de comércio também registrou maior cifra com um total de US$ 499,8 bilhões, o que representa um crescimento de 35,8% em relação a 2020.

No ano passado, as exportações cresceram em preços (28,3%) e quantidades exportadas (3,5%) na comparação com o ano anterior. Foi registrado o aumento das exportações brasileiras principalmente para os Estados Unidos (44,9%), Mercosul (37%), Associação das Nações do Sudeste Asiático – Asean (36,8%), União Europeia (32,1%) e China (28%).

A expectativa para 2022 é de que os preços das commodities e as taxas de câmbio se estabilizem, impactando diretamente nas exportações brasileiras. “Quando se fala de commodity agrícola, por exemplo, a expectativa é de safra recorde de soja e de forte demanda. É o que revelou um levamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com o clima favorável na maioria das regiões produtoras de grãos no país, a safra nacional pode chegar a 291,1 milhões de toneladas na temporada 2021/22”, diz a especialista em comércio exterior e diretora executiva da Accrom Consultoria em Logística Internacional, Cristiane Fais.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Focco comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br