Quando e por que contar com um CFO as a network?

Mais do que o “as a service”, serviço é atualmente uma das melhores alternativas de custo-benefício para startups que precisam organizar a área financeira

Uma boa gestão financeira é um dos pilares que mantém uma empresa saudável, mas também pode ser a ruína do empreendedor. Com esse conceito, soluções que visam manter a qualidade e a economia em equilíbrio dentro das empresas ganham cada vez mais espaço no mercado.

No Brasil, as startups vivem um cenário positivo no mercado com o crescimento dos investimentos ano após ano. Porém, além de levantar recursos, é preciso ser capaz de gerenciá-los da forma mais eficiente possível.

Atualmente, uma das melhores alternativas disponíveis para as startups organizarem a área financeira é o serviço nomeado de CFO as a network. Esse recurso financeiro, que reúne processos bem definidos e tecnologia de ponta, supre a necessidade da contratação de profissionais, como CFOs e analistas, por exemplo, e aprimora as companhias operacionais, táticas e estratégicas, possibilitando maior economia e o crescimento do negócio.

“Para grande parte das startups, ter um CFO as a network neste cenário é fundamental para maximizar a gestão e a capacidade de alocação dos novos recursos levantados”, aponta Walter Cavalcante, co-fundador e CEO da Sinapse Finance, primeira empresa a oferecer o modelo de CFO as a service no Brasil por meio de uma plataforma ágil, segura e totalmente automatizada, que agora amplia o conceito para o network.

“Alguns empreendedores sofrem quando recebem os primeiros investimentos mais robustos. Por falta de conhecimento, muitos deles não sabem como administrar esses novos recursos de forma eficiente e perdem muito tempo tentando otimizar a alocação dos recursos recebidos”, revela Cavalcante. Para garantir a sustentabilidade do negócio e aproveitar ao máximo os recursos levantados, o executivo indica aos empreendedores investir o quanto antes no modelo.

Conforme já citado, uma das vantagens em contar com esse serviço é a economia gerada ao dispensar a contratação de um profissional full time. Mas existem outros benefícios:

  • Tempo: sem precisar dedicar muita parte do seu horário de expediente gerenciando as finanças, o responsável pela startup pode focar seu tempo nas atividades estratégicas do negócio;
  • Organização: com apoio da tecnologia, a empresa dispõe de maior controle dos processos internos e maior disciplina operacional;
  • Planejamento: com o apoio de softwares específicos na organização dos dados, o empreendedor tem acesso às informações mais relevantes de forma prática, proporcionando maior visibilidade do negócio;
  • Apoio estratégico: um time composto por especialistas alocados em equipes multidisciplinares analisa todos os indicadores e auxilia os executivos em momentos de dificuldades e de tomada de decisão.
     

Com metodologia própria, tecnologia e um time de profissionais de alta performance, a Sinapse Finance promove gestão financeira profissional e focada no empreendedor. Por meio de suas soluções e automações de processos, os executivos da startup estimam que é possível reduzir em até 80% o tempo gasto com a gestão financeira das empresas e ainda reduzir em até 10% os custos e despesas, além de permitir tomada de decisões mais assertivas.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por NR7 comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br