Startup cria modelo de previsão de emissão de carbono e consumo energético para Anglo American

Com preocupações crescentes em mitigar as disparadas de preços de combustíveis fósseis, especialmente do gás natural, e adotar compromissos ESG, cada vez mais programas de inovação aberta têm procurado soluções para apoiar indústrias na gestão e redução das emissões de carbono

A startup IndustryCare, especializada em digitalização e descarbonização industrial, por meio de soluções baseadas em IoT, Big Data Analytics e ciência de dados para o chão-de-fábrica, fechou uma parceria com a mineradora Anglo American para gerenciar ações de melhoria em eficiência energética e emissões de carbono. A parceria é fruto do programa M-Start do Mining Hub, iniciativa de inovação aberta que busca soluções para desafios comuns ao setor de mineração, integrando mineradoras, fornecedores, startups, pesquisadores e investidores.


Apesar de já monitorar suas emissões de carbono em planilhas de inventário de emissões, a Anglo American precisava visualizar seus indicadores de energia e emissões de uma maneira setorizada, para que pudesse fazer análises, simulações e priorizações de projetos de melhoria. A IndustryCare analisou os dados históricos da Anglo American, organizando-os em sua plataforma analítica, configurando dashboards que deram ao time da mineradora uma visão setorizada de seu consumo de energia e de suas emissões de carbono, bem como a intensidade de energia e carbono em comparação com a produção.


A partir dos modelos de previsão de consumo de energia e emissão de carbono, a IndustryCare também desenvolveu para a Anglo American um módulo para simular e comparar cenários de melhoria em energia e sustentabilidade, permitindo projetar o comportamento atual da operação da mineradora para os próximos anos, e comparar com novos cenários impactados por projetos de eficiência energética e descarbonização.

Com a solução batizada de CarbonCare, a IndustryCare chegou a um modelo de previsão de emissão de carbono de 96,9% de acuracidade, possibilitando que a Anglo American tenha uma maior confiabilidade nos seus prognósticos e planejamentos, ganhando visibilidade dos indicadores de energia e emissões e maior acuracidade na previsão de consumo de energia e emissões futuras.


A solução da IndustryCare apoia indústrias desde a digitalização à descarbonização, sem a necessidade de CAPEX, ajudando na eficiência dos seus processos, redução dos custos com energia e combustíveis fósseis e, consequentemente, nas redução das emissões de carbono. Vale lembrar que a solução também é altamente personalizável e pode ser ajustada para outras empresas com operações industriais ou agroindustriais, especialmente as que estão listadas em bolsa de valores e com metas públicas de descarbonização.
 

Lorena Lopes, da Anglo American.

“Para operarmos minas cada vez mais sustentáveis e atingirmos nossa meta de neutralidade de carbono até 2040, é essencial ter uma gestão eficiente de gases de efeito estufa (GEE). Tendo isso em mente, desenvolvemos o Sistema integrado para Gestão de Análise de Savings de Energia e Emissões de Gases de Efeito Estufa, junto à IndustryCare, e realizamos uma prova de conceito para desenvolvimento de uma plataforma que, além de integrar diversos dados que a Anglo American já possui em seus inventários de GEE, pudesse entregar de forma confiável a previsibilidade de quão perto estamos de atingir nossas metas. A iniciativa também permite a simulação de cenários de quanto falta para atingirmos nossa meta de redução, levando em conta projetos que estão sendo e que serão implementados nas nossas operações. Isso permite otimizar o controle de nossas metas e apoiar decisões para que consigamos atingi-las no tempo proposto”, afirma Lorena Lopes, engenheira de meio ambiente e responsável técnica do projeto com a Anglo American.
 

Bruno Sousa, da IndustryCare.

“A IndustryCare oferece uma plataforma completa por assinatura, composta de hardware, como sensores e medidores, software de analytics e inteligência artificial e mindware, que é assessoria em performance industrial e ciência de dados. Por meio do monitoramento do comportamento e desempenho de máquinas e processos, atuamos em toda jornada da Indústria 4.0 e conseguimos apoiar nossos clientes a diagnosticar, tratar e prevenir perdas e ineficiências energéticas e operacionais, devolvendo dinheiro para o caixa da indústria ao mesmo tempo em que as ajudamos a reduzir suas emissões de carbono”, garante Bruno Sousa, CEO da IndustryCare. A startup faz parte do portfolio de startups da WOW Aceleradora, maior aceleradora independente do Brasil, composta por uma rede de mais de 300 investidores-anjo.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por Ink Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br