ACIRP inicia instalação do Conselho da Mulher Empreendedora

Entidade reuniu empresárias em evento na Distrital Leste para discutir formato e prazo para implementação do projeto

A ACIRP (Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto) deu o primeiro passo para a criação do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura, reunindo na última semana um grupo de cerca de 20 empresárias com o objetivo de discutir o formato e o prazo para a instalação do CMEC local. O encontro foi realizado na sede da Distrital Leste, nos Campos Elíseos.

O Conselho é uma iniciativa da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) para fomentar a participação da mulher nas áreas empresarial, político institucional e social. Atualmente, existem 280 CMECs instalados no Estado.

Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura, ACIRP. Foto divulgação.

Entre seus principais objetivos está a promoção do intercâmbio com os conselhos da mulher das associações comerciais e industriais e a realização de convênios e parcerias com entidades ou órgãos similares.

O Conselho a ser instalado na ACIRP irá funcionar em parceria com o Empreender, um programa que visa criar núcleos de empresas da mesma área para propiciar oportunidades de capacitação aos profissionais envolvidos e racionalizar custos.

“O CMEC é o tipo de iniciativa que faz parte do DNA da ACIRP e está ligado à estratégias e projetos voltados à inovação, igualdade e diversidade. Já demos o primeiro passo, que foi promover esse encontro e fomentar o desenvolvimento do empreendedorismo feminino. Vamos fornecer os meios para que o sonho de cada empresária possa se tornar realidade”, afirmou a primeira vice-presidente da ACIRP, Sandra Brandani.

Pandemia atrasou o projeto

A instalação do CMEC deveria ter começado há dois anos, mas a pandemia do coronavírus acabou por inviabilizar a ideia. Com a redução dos índices de contaminação, o projeto vai, finalmente, sair do papel.

“Infelizmente, a Covid-19 fez com que deixássemos a criação do CMEC em stand-by. Agora, retomamos esse plano que, em última instância, pode se tornar um importante gerador de renda. A ACIRP está de portas abertas para todas as empresárias, associadas ou não, que queiram se juntar a nós nessa ideia”, convida a coordenadora do Núcleo de Responsabilidade Social, Sílvia Balbino.


Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por SEJAOPA Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br