fbpx

Grupo Rodonaves: Orgulho de ser de Ribeirão Preto

Nascida no município, companhia que tem mais de quatro décadas de atuação; emprega mais de 9000 colaboradores e possui clientes em todo o país

Uma das maiores companhias do país no setor de transportes e logística, nasceu em Ribeirão Preto em 1980. Tudo começou em um pequeno box na rodoviária, onde João Naves com seu espírito empreendedor e uma bicicleta de carga, deu origem a uma das maiores companhias do país no setor de transportes e logística.

João Naves percebeu uma oportunidade no mercado e criou um sistema diferenciado para o transporte de cargas, a RTE Rodonaves. Em 1984, Vera Naves com empenho e organização se juntou a empresa para ajudar a administrar o pequeno empreendimento.

João e Vera conquistaram clientes pela qualidade dos serviços, venceram desafios, expandiram e colecionaram diversos prêmios. Inspiração para muitos clientes, parceiros, colaboradores e outros empresários, a condução do grupo se baseia em princípios sólidos como ética, honestidade, transparência, perseverança, solidariedade e família.

Ao longo das décadas, assim como Ribeirão Preto que passou por constantes transformações, o Grupo Rodonaves cresceu substancialmente como resposta as principias exigências do mercado. Atualmente, a companhia conta com um conglomerado de empresas que empregam mais de 9000 colaboradores e oferecem as seguintes soluções: transporte fracionado de cargas e soluções logísticas, venda e pós-venda de veículos leves, médios e pesados, atendimento em todo o Brasil em todas as modalidades de seguros, locação de caminhões com customização específica de acordo com cada cliente, soluções logísticas com certificação SASSMAQ especializadas ao agronegócio e mecânica e restauração de veículos.

“Percorremos muitas estradas, mas Ribeirão Preto é a nossa casa e temos muito orgulho de sermos daqui. Nossa história com a cidade é de muita gratidão, principalmente às pessoas que fizeram o grupo Rodonaves ser o que é hoje”, avalia Vera Naves, vice-presidente do Grupo Rodonaves.

“Em todos esses anos temos trabalhado para atender nossos clientes com excelência e contribuído com o desenvolvimento da nossa cidade, do nosso país e das pessoas que acreditam nos nossos valores e no nosso propósito. Seguimos com a missão de ajudar a cidade crescer por meio da geração de empregos, dos projetos para a comunidade e na entrega de serviços de qualidade”, diz João Naves, fundador e presidente do Grupo Rodonaves.

Apesar dos desafios apresentados durante a pandemia o grupo continuou se reinventando e investindo na expansão. No biênio 2021-2022, a empresa tem investimentos de 244 milhões concentrados em inovação, tecnologia e ampliações da frota, da rede RTE Rodonaves, das linhas dos modais rodoviários e aéreos para chegar em qualquer ponto da geografia brasileira. Além da abertura de 20 novas Rodonaves Express nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Goiás e 8 novas RTE Rodonaves em São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Goiás.

O Grupo Rodonaves teve o faturamento bruto de 1.7 bilhão em 2021. O crescimento foi de 30% em comparação com 2020, quando este indicador alcançou R$ 1.3 bilhão. “Ao longo da nossa trajetória superamos muitos desafios até conquistar a solidez das empresas que hoje integram o Grupo Rodonaves e se complementam na visão integral do transporte de cargas e na vanguarda do setor de logística brasileiro. Eu sempre tive muito claro o que queria: fazer diferença e criar trabalho digno e com respeito para as pessoas se realizarem profissionalmente e pessoalmente”, finaliza João Naves.

Prêmios e certificações recentes

Referência no setor já recebeu os mais rigorosos reconhecimentos e certificações pelo crescimento sustentável e fiel à sua missão, como: Top dos Transportes 2020, Maiores e Melhores em Distribuição de Autopeças 2021, Certificação ISO9001, Melhores Empresas para Trabalhar pelo Great Place to Work (2021) e Lugares Incríveis para Trabalhar pelo FIA 2021/UOL.

Este conteúdo de divulgação comercial foi fornecido
Por 
Focco Comunicação
e não é de responsabilidade de revistaempreende.com.br