fbpx

Especialista comenta transformação tecnológica em empresas

A transformação digital passou a ser preocupação de pequenas e médias empresas, conforme mostrou a Pesquisa Anual sobre o Mercado Brasileiro de TI e Uso nas Empresas, feita pelo Centro de Tecnologia da Informação Aplicada (FGVCia). Os dados mostram que essa antecipação do processo da transformação digital foi o equivalente ao que seria esperado para o período de um a quatro anos.

Isso se deve ao fato do uso dos computadores, notebooks, tablets e smartphones no Brasil superarem a marca de 447 milhões, sendo mais de dois por habitante e 242 milhões somente de smartphones. E a estimativa de crescimento em 2022 é de pelo menos 10%. 

Assim, empresas que antes não lidavam com processos digitais e precisaram se inserir nesse cenário repentinamente podem enfrentar desafios durante a adaptação. O especialista em marketing digital e CEO da agência C3dweb, Alex Oliveira, responde algumas perguntas sobre como esse processo vem acontecendo em sua empresa:

Quais são os principais pontos de atenção para empresas que estão iniciando a transformação digital e porque ela é importante?

Alex Oliveira: a mudança efetiva, mesclando tecnologia e fator humano é urgente, especialmente com a entrada de startups, surgimento de novas metodologias ágeis e novos modelos de gestão. Tais medidas são necessárias para manter os colaboradores conectados à cultura e propósito das empresas e de seus líderes.

A compreensão do papel da automação e das novas plataformas tecnológicas que podem ser utilizadas em cada segmento, por exemplo, é uma habilidade necessária para estes líderes, assim como estar disposto a exercer uma liderança integrada.

Como você vê as empresas, hoje, que estão tentando se adaptar a essa nova tendência? 

Alex Oliveira: apesar do cenário bastante desafiador, a digitalização do trabalho continua ganhando espaço, assim como as interações pessoais. Este é um caminho sem volta e cada vez mais práticas como armazenamento em nuvem, hardware e software fazem parte das nossas rotinas de vida. 

As empresas e profissionais precisam se adaptar muito mais rápido. Decisões difíceis que demoravam meses precisam ser tomadas em dias. E crescer não é mais opção. Sem crescimento a empresa não conseguirá atrair novos talentos e reter os atuais. Nem enfrentar um mercado tão volátil e desafiador. E um dos pontos chaves para qualquer empresa crescer é resolver os processos de marketing e vendas.

Você acredita que a pandemia acelerou o processo de transformação digital?

Alex Oliveira: sem dúvida, as empresas (e o governo) precisaram investir em tecnologia da informação e negócios digitais, para lidarem com as demandas durante o período, além de treinar pessoas para este novo mundo. 

Outro ponto que vale ressaltar é que se adequar aos desafios impostos geram, no entanto, impactos financeiros e na cultura de uma organização. A contratação e a retenção de talentos, assim como aderir a novas ferramentas tecnológicas e formatos de gestão, são alguns deles.

Para finalizar, como você acredita que os líderes devem guiar seus colaboradores nessa transição?

Alex Oliveira: ter propósitos claros e disposição para contratar as pessoas certas para cada função, assim como treiná-las para as novas aptidões, é responsabilidade do novo líder. Para isso, é preciso  reconhecer os pontos fracos da gestão e fortalecê-los. Uma ação que envolve gestores e colaboradores.

Diante da nova realidade e novas demandas, muitas empresas estão se reformulando e imprimindo em suas rotinas um aprendizado contínuo, para todos. 

Para saber mais, basta acessar: http://www.c3dweb.com.br