fbpx

Projeto ‘Mais Saúde Mental’ é concluído e busca empresas para ampliar iniciativa

Em uma ação conjunta, 840 pessoas, por 12 semanas, tiveram acesso a atendimento psicológico por meio do projeto Mais Saúde Mental, criado e aplicado pela Interttie Terapias OnLine em parceria com o Instituto Bacarelli, que promove transformação social por meio da música, na comunidade de Heliópolis, em São Paulo. Foram atendidas crianças,  mães, adultos e profissionais do instituto, todos por meio de atividades presenciais e online.

A pandemia ainda não terminou e a retomada está trazendo diversos desafios e inúmeras oportunidades de reconstruir os negócios e a vida: “Neste sentido, o projeto Mais Saúde Mental mostrou-se uma boa ação para empresas que buscam cuidar de seus funcionários e da comunidade na qual está inserida”, informa Patrícia Akinaga da Silva, psicóloga responsável pelo projeto e CEO da Interttie. 

Neste momento de retomada, um dos desafios para as empresas refere-se à saúde mental de seus colaboradores, impactando diretamente os resultados, pois, mesmo antes da pandemia, a perda de produtividade econômica ligada à depressão custava à economia global cerca de US$ 1 trilhão por ano; além disso, doenças mentais atingem 30% dos mais de 100 milhões de trabalhadores e são responsáveis por 285.000 afastamentos por ano (dados da Associação Nacional de Medicina do Trabalho e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho). E a pandemia ainda fez agravar o problema.

Apesar do cenário caótico também está comprovado que, se a empresa investir em tratamento para transtornos mentais comuns, como depressão e ansiedade, o retorno em melhoria da saúde e da produtividade, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é de 4 dólares para cada 1 dólar investido.

Transformando prejuízo em ganho para todos

Como pode funcionar uma solução que atenda aos funcionários e à comunidade de forma profissional, rápida e acessível? Sem ter que montar um novo departamento, o Projeto Mais Saúde Mental une diversos stakeholders e a cada colaborador que recebe atendimento com psicólogo ou terapeuta integrativo pela Interttie, contribui com o tratamento de saúde mental de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Dessa forma, além de cuidar da saúde mental dos funcionários e colher todos os benefícios deste investimento, a empresa também estará promovendo a redução das desigualdades junto com a Interttie por meio do Projeto Mais Saúde Mental, projeto social desenvolvido pela healthtech.

Além disso, a empresa gera e participa de um círculo virtuoso atendendo aos princípios do ESG (Environmental, Social and Governance) de boas práticas sociais, por meio da ação conectada a dois dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU para as ertcidades: Saúde e bem-estar e Redução das desigualdades.

Por meio de parceria com ONGs brasileiras (a primeiro foi o Instituto Bacarreli), a Interttie oferece tratamento semanal com duração de 3 meses para pessoas em situação de vulnerabilidade social, reinvestindo parte de cada sessão realizada na plataforma.

Toda a empresa pode, por meio do Projeto Mais Saúde Mental, fazer parte deste movimento de acessibilidade à saúde mental e promover o crescimento de sua organização permitindo o acesso às terapias on-line, contribuindo para a instituição, funcionários e comunidade. Para as organizações que querem fazer essa contribuição, mas não sabem por onde começar, a Interttie oferece ainda planos de consultoria, treinamentos personalizados e uma gama de serviços e profissionais preparados para agilizarem esta transformação nas empresas.

https://interttie.com.br/